A única goleada obtida na terrível temporada 2012/13

30 de Agosto de 2012. Ao 4º jogo oficial da temporada o Sporting recebeu os modestos dinamarqueses do Horsens procurando a sua 1ª vitória oficial e o apuramento para a fase de grupos da Liga Europa. O treinador Ricardo Sá Pinto promoveu apenas uma alteração (e surpreendente) em relação ao último onze, com a estreia oficial de Pranjic no lugar de Insúa. No “desenho tático” da equipa, Gelson Fernandes surgiu mais claramente na posição 6 com Elias e acompanhar Adrien no meio-campo ofensivo.

O jogo foi o ideal para os leões “sararem as feridas” do seu passado recente. Desde muito cedo a equipa começou a criar oportunidades e logo aos 7 minutos Van Wolfswinkel regressou aos golos depois de dominar a bola e rematar imparavelmente (após abertura larga de Boulahrouz). Aos 22 surgiu o 2-0 num auto-golo de Kortegaard – atrapalhado pela presença de Carrillo.

O intervalo chegou com um escasso 2-0 pois várias foram as chances desperdiçadas – por Elias e Rojo (duas) as mais flagrantes.

Na 2ª parte o Sporting voltou a entrar a dominar. Aos 54 minutos, a canto de Capel, Van Wolfswinkel rematou muito bem e fez o 3-0. 3 minutos depois, após fletir da esquerda para o meio, Carrillo fez um golaço – os extremos do Sporting rendiam mais na posição trocada (o esquerdino Capel à direita e o destro Carrillo à esquerda). Apenas 6 minutos se passaram e Elias fechou a conta em 5-0 depois de recuperar a bola no meio-campo ofensivo e desferir um remate seco e colocado.

Até final mais oportunidades surgiram – sobretudo uma de Rojo e outra de Capel, mas o excelente guardião dinamarquês – Ronnow esteve fantástico.

Em suma, boa vitória do Sporting que, sem realizar uma exibição “do outro mundo”, produziu um futebol agradável e ficou a dever a si próprio um triunfo por 7 ou 8 bolas de diferença.

Individualmente a equipa rendeu de forma satisfatória – sem brilhantismos. De destacar a prestação de Gelson Fernandes (muito bem a jogar sozinho na posição 6). Carrillo emprestou o “perfume” do seu futebol de forma consistente. Van Wolfswinkel voltou aos golos com duas belas execuções. Capel, como sempre, esforçado e desequilibrador.

A equipa: Rui Patrício; Cédric, Boulahrouz, Rojo e Pranjic; Gelson Fernandes – Daniel Carriço 73, Elias e Adrien – André Martins 65; André Carrillo – Jeffrén 65, Van Wolfswinkel e Diego Capel.

Diga-se que este foi o 276º jogo e a 118ª vitória do Sporting em jogos das Competições Europeias de Futebol.

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário