Gabriel – Portuense que se destacou em Braga e ficou uma época em Alvalade

Gabriel António Sousa Cardoso nasceu a 4 de Outubro de 1930 no Porto. Depois de se destacar no Leixões, alinhou 4 épocas no Braga, onde despertou o interesse dos principais clubes portugueses. Foi o Sporting a ganhar a “luta”, e Gabriel chegou a Alvalade no Verão de 1956 por 340 contos – 70 para o futebolista.

Estreou-se oficialmente a 16 de Setembro num empate na Luz para o Campeonato (1-1). Marcou o 1º golo a 7 de Outubro numa goleada ao Sporting da Covilhã (7-1).

O seu dia mais fulgurante ao serviço do Sporting terá sido a 3 de Fevereiro de 1957, numa tarde em que o Sporting perdia ao intervalo no Restelo por 2-0 (numa altura em que o Belenenses ainda era visto como um “grande”) e terminou empatado a duas bolas com 2 golos seus.

A 17 de Março de 1957 marcou pela última vez, numa derrota por 2-1 no terreno do Barreirense. A partida derradeira fê-la a 25 de Abril, e resultou num empate em Alvalade frente ao Vitória de Setúbal (0-0) para os quartos-de-final da Taça de Portugal.

Normalmente alinhava como interior-direito, e a concorrência de Vasques ainda era muito feroz. Embora tenha dado boa conta de si, esteve apenas uma época em Alvalade, tendo realizado 17 jogos oficiais e marcado 9 golos.

No ano seguinte foi Campeão Nacional da 2ª divisão pelo Sporting da Covilhã, clube onde depois fez vários anos no principal escalão do nosso futebol.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário