2º título europeu para Rui Silva nos 1.500 metros em pista coberta

2 de Março de 2002. Rui Silva sagrou-se nesse dia Campeão Europeu dos 1.500 metros em pista coberta, em Viena, juntando mais uma medalha de ouro ao seu palmarés, no qual já contava o Europeu de pista coberta em 1998 e o título mundial conquistado em 2001 em Lisboa.

Rui Silva, que detinha a melhor marca mundial do ano (3m35,86s), era um dos principais favoritos e só uma fatalidade lhe faria perder o título, que conquistou com 3m49,93s, apesar da boa réplica dada pelo espanhol Juan Higuero.

O meio-fundista do Sporting já era na altura um dos grandes valores do atletismo português, ele que era então recordista nacional de todas as distâncias dos 800 aos 3.000 metros e fôra vice-campeão europeu dos 3.000 metros em 2000, antes de se sagrar campeão mundial em Lisboa, mas na distância mais curta.

Rui Silva esteve indeciso em participar nos 1.500 ou 3.000, mas depois desse resultado – e da tripla conseguida por Espanha nos 3.000 – fez, juntamente com o seu técnico Bernardo Manuel, a melhor opção.

A medalha de prata foi para Juan Higuero, que terminou com 3m50,08s, enquanto o bronze ficou para o britânico Michael East, com 3m50,52s.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário