Augusto Sabbo – O 1º treinador Campeão de Portugal pelo Sporting

Nasceu a 27 de Março de 1887 em Lisboa. Foi vedeta do Futebol do CIF (onde chegou a treinador e dirigente) na 1ª década no século XX. Paralelamente jogava Râguebi, e fez parte da 1ª equipa do Sporting na modalidade. Depois foi estudar para a Alemanha, tornando-se engenheiro (viria anos mais tarde a dirigir a montagem da rede de tração elétrica da cidade de Coimbra).

Num período em que os métodos de treino em Portugal passavam pouco do rudimentar sendo a função do treinador pouco considerada e respeitada, constituiu uma verdadeira exceção graças aos seus conhecimentos quase ilimitados sobre Futebol.

Era um visionário estava avançado no seu tempo. Defendia que os jogadores não deviam fazer movimentos segundo as circunstâncias, mas sim fazer um movimento tal que obrigasse o adversário a executar o movimento que nos interessa que seja feito para que os lances decorram como nós o imaginámos.
Chegou ao Sporting no início da temporada 1921/22, e em Dezembro de 1921 foi convidado para dirigir a seleção nacional no 1º jogo da sua História, em Madrid, frente à Espanha (derrota por 3-1)

Muito culto, levava não raras vezes os seus pupilos ao desespero ao retirar-lhes a bola dos treinos e obrigando-os a fazer saltos à corda e a praticar exercícios físicos de natureza quase militar, sendo assim o 1º treinador em Portugal a não limitar os treinos a jogos entre os titulares e os reservas.

A certa altura chegou mesmo a contratar Santos Ruivo, o primeiro pugilista profissional português, para ministrar alguns exercícios físicos e dar algumas noções de Boxe aos jogadores. Tudo correu bem até um dia em que Ruivo exagerou no “treino” com um dos futebolistas e o exercício acabou em pancadaria…

Também em termos táticos estava avançado para os tempos que se viviam no nosso país, pois acompanhava de perto aquilo que se ia fazendo pela Europa.

Não espantou por isso que fosse o 1º treinador remunerado em Portugal. Chegou também a ser árbitro, e um dos mais talentosos do seu tempo, mas não teve tempo para fazer carreira nessa atividade.

Ficou no comando técnico da equipa de Futebol do Sporting até ao final da época 23 /24, conquistando o 1º Campeonato de Portugal da História do clube e 2 Regionais de Lisboa.

Em 1923 editou um minucioso manual de 75 páginas, intitulado “Football (Técnica e Didáctica de Jogo)”, sobre todos os aspetos que considerava importantes na modalidade.

Voltaria depois, em 26/27, mas não completou a temporada pois a grave crise financeira do clube impediu-o de lhe pagar os 1.000$ mensais que ganhava…

Depois orientou vários clubes, fazendo, por exemplo, um notável trabalho no Barreirense, que conseguiu levar a duas finais do Campeonato de Portugal.

Morreu a 30 de Outubro de 1971.

AUGUSTO SABBO como treinador do SPORTING
ÉPOCA J V E D GM GS % TÍTULOS
21/22 10 7 0 3 21 7 70% CR
22/23 11 9 2 0 28 6 90,9% CP – CR
23/24 8 4 1 3 15 11 56,3% -
26/27 8 4 1 3 15 9 56,3% -
Total 37 24 4 9 79 33 70,3% 1CP – 2CR

Post to Twitter

Deixe o seu comentário