António Lourenço – “Pau para toda a obra”

António Castanheira Lourenço nasceu a 30 de Janeiro de 1923. Estreou-se oficialmente pela 1ª equipa do Sporting (ele que já vinha das camadas jovens do clube) no dia 22 de Novembro de 1942 numa deslocação ao terreno do Fósforos (5-2) a contar para o Campeonato Regional de Lisboa. Nessa sua 1ª época no clube (com Jozef Szabo), apesar de ser ainda muito jovem, foi considerado a grande revelação, alinhando em 19 partidas no posto de defesa/médio-centro.

A sua “estrela” empalideceu nos anos seguintes (jogando poucas vezes), mas em 1945/46 voltou a ser peça fundamental na equipa, sendo mesmo o futebolista mais utilizado como médio-esquerdo (então sob o comando de Abrantes Mendes – primeiro, e Cândido de Oliveira – depois). Nas temporadas que se seguiram foi pouco utilizado, mas mostrou-se sempre disponível, fazendo da polivalência uma das suas armas principais.

Jogou pela última vez a 3 de Outubro de 1948 num Sporting-Estoril (5-3) para o Campeonato Nacional.

Acabou por permanecer um total de 7 épocas no Sporting, realizando 58 jogos oficiais. Ganhou 4 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal e 3 Regionais de Lisboa.

Teve a curiosidade de ter ganho títulos em todas as suas épocas no Sporting com a única exceção da temporada 1946/47.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário