Paulo Alves – Elevado profissionalismo e combatividade

Paulo Lourenço Martins Alves nasceu a 10 de Dezembro de 1969 em Vila Real. Deu os primeiros passos no principal clube da sua região de onde transitou para os juniores do FC Porto.

Na transição para os seniores na ficou nas Antas, e passou por Gil Vicente, Tirsense, Sp. Braga e Marítimo.

Chegou a Alvalade (proveniente da equipa insular e após acesa luta com o Benfica) no início da temporada 1995/96. Estreou-se oficialmente a 20 de Agosto numa derrota nas Antas por 2-1 na 1ª jornada do Campeonato Nacional. Marcou pela 1ª vez a 18 de Setembro numa goleada por 7-1 ao Campomaiorense.

Reconhecido pelo seu elevado profissionalismo e combatividade, foi um dos melhores marcadores da equipa (a par de Pedro Barbosa e Sá Pinto) logo nessa 1ª época, com 14 golos. Nas temporadas seguintes baixou os seus índices de eficácia, mas sempre se mostrou um elemento válido, jogador de equipa, que a qualquer momento era chamado e normalmente acrescentando algo de positivo.

O jogo mais memorável da carreira de Paulo Alves no Sporting foi o disputado a 10 de Abril de 1998 em Campomaior para o Campeonato. Nessa partida os leões estiveram a perder por 3-1 mas acabaram por conseguir uma reviravolta espetacular (triunfando por 5-3), muito à custa dos 3 golos do avançado leonino.

Como curiosidade refira-se que, ao fazer o 2º golo da vitória em Alvalade por 2-0 sobre o Rapid Viena, a 19 de Outubro de 1995, Paulo Alves apontou o último golo da História do Sporting na extinta Taça das Taças.

A 17 de Maio alinhou pela última vez oficialmente de verde e branco – derrota em Braga na última jornada do Campeonato por 2-0. Tinha feito o golo derradeiro 14 dias antes, num empate em Alvalade frente ao Rio Ave (2-2).

Assim, totalizou 3 temporadas, 87 presenças e 30 golos em jogos oficiais pelo Sporting, tendo conquistado uma Supertaça (95/96).

Depois jogou no Bastia, União de Leiria e Gil Vicente (clube onde terminou a carreira de futebolista e iniciou a de treinador).

Como técnico já passou pelas seleções nacionais jovens e por vários clubes de 2º plano (com destaque para o Gil Vicente), mas tem mostrado capacidades para mais alto vôos.

Foi 13 vezes internacional A com 7 golos marcados. Nas camadas jovens sagrou-se campeão do mundo de sub-20 em 1989 – Riade.


GOLOS de PAULO ALVES ao serviço do SPORTING
ÉPOCA LC TT TU CN TP ST TOTAL
95/96 - 1 - 10 3 0 14
96/97 - - 0 6 4 - 10
97/98 0 - - 6 0 - 6
Total 0 1 0 22 7 0 30

Post to Twitter

Deixe o seu comentário