4-1 ao FC Porto na meia-final da Taça da Liga

4 de Fevereiro de 2009. Na meia-final da Taça da Liga o Sporting recebeu o FC Porto em Alvalade. A partida teve lugar numa altura em que os leões (de Paulo Bento), praticamente afastados do título e da Taça de Portugal, faziam desta competição uma espécie de salvação da temporada.

A equipa: Tiago; Pedro Silva, Tonel, Anderson Polga e Grimi; Adrien; Izmailov, Romagnoli (Pereirinha) e João Moutinho; Helder Postiga (Derlei) e Vukcevic (Rochemback).

Ambas as equipas surgiram algo tranformadas em relação ao seu habitual na Liga Portuguesa, sobretudo o FC Porto, que não se sabe bem por que razões não mostrou grande “respeito” pela competição. Apesar disso os portistas apresentaram-se com uma equipa bem mais “cara” que os leões numa fase em que os orçamentos dos dois conjuntos eram completamente díspares.

Indiferente a isso, o Sporting (que já estivera presente na final da edição inaugural deste prova, na época anterior) entrou com a inteção clara de ganhar. Apesar de tudo, logo aos 9 minutos, Tarik inaugurou o marcador para os nortenhos.

O Sporting reagiu de pronto, criando várias oportunidades para marcar. Postiga fez a bola beijar o fundo das redes de Nuno aos 20 minutos, mas o lance foi invalidado por mão do autor do golo. A avalanche continuou, e , finalmente, aos 35 minutos, após falta cometida sobre Polga, Romagnoli apontou de penalty o empate.

Até ao intervalo os leões poderiam ter desequilibrado o marcador mas não o conseguiram.

Para a 2ª parte estava reservado o melhor do jogo. No 1º ataque dos verde e brancos Sapunaru ceifou Postiga na área e Romagnoli voltou a ser competente na hora de converter o penalty. O Sporting continuou a controlar a partida, e aos 66 minutos, após bela jogada de entendimento entre Pereirinha, Moutinho e Vukcevic, o montenegrino (com um fabuloso toque de calcanhar) assistiu e isolou Derlei que concluiu com  classe (na foto). Após o 3-1 o Sporting soltou-se ainda mais, e depois de cruzamento de Izmailov, aos 80 minutos, Derlei marcou com grande espetáculo.

O 4-1 acabou por ser o resultado final, magro para produção sportinguista, que acabou por “triturar” um FC Porto que deixou muito má impressão em Alvalade. O Sporting apurou-se assim para a final da Taça da Liga, deixando os dragões pelo caminho.

Paulo Bento estava satisfeito: “Estamos na final com todo o mérito, cumprimos a nossa missão na fase de grupos e agora na meia-final. Tivemos mérito e personalidade. Felicito os jogadores deixando uma palavra àqueles que têm sido menos utilizados, que têm menos ritmo e rotinas, mas que deram uma boa resposta, e foi com esse espírito que chegámos à final”.

Derlei, que já havia anunciado a forte probabilidade de terminar a carreira no final da presente temporada, realizou um belíssima exibição: “Sei que há outros mais jovens que podem jogar no meu lugar, e quando se vê que eles começam a ultrapassar-nos é sinal que está na hora de encostar às boxes. No entanto, acredito que ainda tenho condições para ajudar a equipa a conquistar aquilo que nos propusemos no início da temporada. Quanto à Taça da Liga, não podemos deixar escapar este título, que perdemos de forma injusta na última temporada”.

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário