César Prates – Um “TGV” no corredor direito

César Luís Prates nasceu a 8 de Fevereiro de 1975 em Aratiba – Brasil. Depois de brilhar (ainda muito jovem) no Internacional de Porto Alegre foi contratado pelo Real Madrid, onde nunca se conseguiu impôr. Passou períodos de sucessivos empréstimos a vários clubes brasileiros (com diversos títulos) até que chegou ao Sporting no “mercado de Inverno” de 1999/00.

Estreou-se oficialmente (sob o comando de Augusto Inácio) a 12 de Janeiro de 2000 numa receção à União de Leiria para a Taça de Portugal e marcou o golo solitário da partida. Rapidamente ganhou o lugar no lado direito da defesa devido à forma incisiva como se movia nesse corredor. Lateral rápido, com boa capacidade para centrar e rematar, teve 18 presenças e deu um contributo importante para o título de campeã nacional da equipa sportinguista. No final da época os leões adquiriram o seu passe aos madrilenos.

Na temporada seguinte (com Inácio, Fernando Mendes e Manuel Fernandes) manteve-se em bom plano, sendo indiscutível na sua posição (41 presenças) e ajudando a ganhar a Supertaça.

2001/02 foi uma época gloriosa para o Sporting mas não tanto para o veloz brasileiro. Laszlo Bölöni, com um meio campo ofensivo e ataque muito criativos, privilegiava a segurança defensiva e por isso optava por defesas “puros” nessa posição, preferindo até a ela adaptar Beto ou Quiroga. Assim, César Prates até foi dos suplentes mais utilizados, mas mais como médio-ala direito. Na época seguinte a situação manteve-se, pelo que acabou por sair para o Galatasaray no defeso de 2003.

O seu último jogo pelos leões foi realizado no Estádio das Antas frente ao FC Porto a 1 de Junho de 2003 (0-2). No total esteve 4 temporadas no Sporting alinhando em 116 jogos e marcando 3 golos. Ganhou 2 Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal e duas Supertaças.

Depois de uma época na Turquia regressou ao Brasil, mas rapidamente voltou à Europa (Itália) onde passou mais duas épocas. A partir de 2007 esteve novamente no Brasil onde prosseguiu a sua carreira até 2010 em vários emblemas.

Em finais de 2010 esteve em Portugal para gravar um spot publicitário de promoção à Gamebox do Sporting reafirmando na altura o  seu apreço pelo clube de Alvalade onde viveu, indubitavelmente, os melhores momentos duma carreira recheada de títulos.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário