2015 – Penta-campeões nacionais masculinos de Natação!

20 de Dezembro de 2015. No ano anterior o final tinha sido dramático, este ano foi simplesmente… de loucos: com tudo em aberto na última prova do Campeonato Nacional de Clubes da 1.ª Divisão (os ‘leões’ tinham 2 pontos de vantagem sobre o Estrelas São João de Brito mas uma vitória do adversário fazia cair o título para o opositor), a formação verde e branca começou a estafeta de 4×200 metros livres com 4 segundos de atraso, recuperou no segundo percurso, passou para a frente no 3º (grande prova de Pedro Pinotes) e geriu no 4º – o Sporting é pentacampeão masculino de clubes de Natação!

A equipa teve um desempenho extremamente positivo esta manhã, recuperando muitos dos pontos de desvantagem em relação ao Estrelas de São João de Brito (só perdeu para o adversário directo numa das 5 provas realizadas) e estando apenas a 2 pontos quando faltavam 5 provas para o final da competição. Os leões empataram mesmo a 90, mas o triunfo natural e esperado de Miguel Nascimento nos 100 metros mariposa colocou nessa altura a pontuação em 99-97.

À tarde, o 1º lugar de Pedro Pinotes nos 400 metros estilos e o 2º posto de Igor Mogne nos 100 metros livres deram 6 pontos de avanço aos leões sobre o Estrelas, que reduziu nos 200 metros costas e nos 50 metros bruços. Na altura de todas as decisões, só uma coisa mudou em relação ao ano passado – a vitória na estafeta de 4×200 metros livres não foi conseguida com recorde nacional (7m31,41s em Abril).

De referir ainda que, hoje de manhã, Alexis Santos bateu o recorde nacional e absoluto de 50 metros costas, naquele que foi o único máximo batido nos Campeonatos (25,54s). Ao todo, os leões conseguiram 5 triunfos: 200 metros livres (Alexis Santos), 1.500 metros livres (João Vital), 50 metros costas (Alexis Santos), 400 metros estilos (Pedro Pinotes) e estafeta de 4×200 metros livres, que fechou as contas da competição.

O Sporting terminou o Campeonato Nacional de Clubes da 1.ª Divisão com um total de 134 pontos, mais 4 do que o Estrelas São João de Brito e mais 35 do que o FC Porto. Completaram a classificação o Náutico (95), Colégio Monte Maior (83), Famalicão (80), Leixões (54) e Naval Amorense (29).

No sector feminino, as leoas foram mantendo sempre o 3º lugar, posição a qual já era praticamente impossível de melhorar ou piorar no final do 1º dia. O FC Porto revalidou o título, como se esperava, com 141 pontos, contra 128 do Algés e 106 da jovem formação verde e branca. Completaram a classificação Desportiva de Viana (91), Ginásio de Vila Real (83), União Piedense (65), Leixões (53) e Amadora (35).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário