2018 – Campeãs Nacionais de estrada e títulos individuais nos 2 sexos

14 de Janeiro de 2018. O Atletismo do Sporting CP esteve este em grande destaque nos Campeonatos Nacionais de Estrada que se realizaram no Jamor. Num dia histórico para a secção leonina, a equipa feminina conquistou o 1º título coletivo de sempre do Clube na competição. Além disso as leoas também tiveram razões para sorrir individualmente, com Jéssica Augusto a vencer a prova, isolada, com o tempo de 33m13s. Susana Godinho ficou no 4.º posto, Ana Mafalda Ferreira em 5ª e Daniela Cunha em 7ª.

Já no setor masculino, Hélio Gomes também se sagrou vencedor (29m57s). Por equipas, os leões arrecadaram o 2º lugar na classificação geral, a apenas 1 ponto do rival Benfica. Rui Teixeira ficou em 8º lugar e Helder Santos em 10º.

No final da prova, o vice-presidente do Sporting CP para as modalidades, Vicente Moura, não escondeu a felicidade pelos resultados obtidos. “Estou muito satisfeito. Ganhámos 3 títulos em 4 possíveis, o que demonstra que a competição não era fácil.

O Presidente Bruno de Carvalho mandou-me uma mensagem a dizer que estamos no bom caminho. Em relação ao próximo ano, esperamos que seja ainda melhor e que consigamos vencer os 4 títulos”, afirmou, antes de destacar as conquistas inéditas conseguidas pelos leões: “Queremos sempre ganhar tudo, esse é o ADN do Sporting CP. Em termos masculinos, em mais de duas décadas só tínhamos ganho o ano passado pelo Rui Silva. Voltámos a vencer este ano e ficámos em 2º lugar a nível coletivo. Já em feminino, nunca tínhamos ganho. O dia de hoje foi inédito. Ganhámos tanto a nível individual como coletivo, por isso acho que mais do que isto não se pode esperar nem exigir”, destacou.

Jéssica Augusto, a grande vencedora individual: “Estou muito feliz pela vitória individual e coletiva. Era um objetivo que tínhamos traçado para esta época e conseguimos conquistá-lo. Foi a 1ª vez que o Sporting CP se sagrou campeão nacional de estrada feminino e é uma honra enorme ter contribuído com o máximo de pontos possível. Dedicamos este título ao Professor Mário Moniz Pereira, que certamente estará muito feliz (…) Fiquei surpreendida por estarem tantos adeptos do Sporting CP presentes. Fiquei muito feliz, mas também não se esperava outra coisa, com a corrida a ser aqui em Lisboa. Corremos praticamente em casa e isso deu-nos muita motivação”, finalizou.

Hélio Gomes, o vencedor masculino da 24ª edição da prova: “Estou muito contente por ter vencido individualmente. Coletivamente, lutámos até ao limite das nossas forças. Infelizmente não foi possível vencer, mas foi um bom prenúncio para o que aí vem (…) Senti-me muito bem, tanto fisicamente como psicologicamente. Treinadores, atletas, todos me ajudaram muito neste regresso ao Clube e a casa. Estou muito confiante, bem fisicamente e espero ajudar o Sporting CP em todas as provas que me pedirem para participar”.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário