O desempenho de Jorge Jesus como treinador do Sporting. E agora?

9 de Maio de 2017. O Sporting-Belenenses do último domingo constituiu uma “machadada” importante na já sofrível credibilidade de Jorge Jesus como treinador do Sporting.

Já sem objetivos para a temporada, o Sporting promoveu uma série de iniciativas que tiveram a ver com o Dia da Mãe e o Estádio Alvalade encheu para assistir a uma partida que se esperava ser de festa. Apesar de tudo o Sporting podia ainda aproximar-se da frente do Campeonato, ficando a 3 pontos do Porto e, quem sabe, mais perto também do Benfica…

Aquilo que se assistiu roçou o inqualificável. O Sporting fez uma exibição muito pobre, perdeu em casa com os azuis (treinados pelo nosso antigo treinador Domingos Paciência) 62 anos depois e as mais de 40.000 pessoas presentes devem-se ter perguntado no final – mas afinal o que viemos cá nós fazer num dia de Sol convidativo para as mais diversas atividades?…

O Presidente Bruno de Carvalho não se coibiu de opinar no final da partida, expressando no fundo aquilo que vai na cabeça dos adeptos.

O treinador Jorge Jesus dispôs nestas 2 temporadas de excelentes condições a todos os níveis e só conseguiu conquistar 1 Supertaça, curiosamente no 1º dos 96 jogos oficiais que leva como nosso treinador. Para além disso, Jesus mantém um discurso egocêntrico permanente. Ainda agora, após esta derrota inaceitável, atribuiu as culpas ao facto de ter sido “obrigado” a recorrer a jogadores que nem 2ª opção são, referindo-se ao intermitente Joel Campbell, à nulidade Castaignos e ao muito promissor (e aqui é que nos doem mais as declarações de Jesus) Francisco Geraldes, um futebolista com um talento extraordinário, que tem sido pouquíssimo utilizado e que nos raros minutos em que tem podido jogar tem sempre deixado uma marca de competência.

Mas vamos aos números:

Jorge Jesus leva já 96 jogos como treinador do Sporting.

Desses 96 triunfou em 62, 64,58%, o que o colocam como o 24º melhor de sempre do clube. Por comparação com os nossos treinadores mais recentes, Leonardo Jardim venceu 65,71% dos jogos (19º) e Marco Silva triunfou em 58,49% (44º).

Em termos de derrotas, Jesus perdeu 21 jogos (21,88%). Neste particular é o 44º melhor de sempre. Leonardo Jardim perdeu apenas 11,43% dos seus jogos (4º melhor de sempre) e Marco Silva perdeu 13,21% das partidas disputadas (9º melhor de sempre).

Vamos agora aos golos marcados. Em 96 partidas o Sporting de Jesus apontou 189 golos (1,97 por jogo). Aqui o nosso treinador atual é o 43º melhor de sempre do clube. Com Leonardo Jardim o Sporting marcou 2,03 golos por jogo (34º melhor de sempre) e com Marco Silva 1,98 golos por jogo (42º melhor de sempre).

No que toca a golos sofridos, o Sporting de Jesus sofreu 93 golos em 96 partidas oficiais (0,97 golos por jogo). Aqui Jesus é o 35º melhor de sempre. Leonardo Jardim sofreu uma média de 0,74 (8º lugar) e Marco Silva 1,02 (42º lugar).

Finalmente, no que toca à percentagem geral de aproveitamento, Jesus tem 71,35%, o que o coloca como o 33º melhor de sempre no clube. Leonardo Jardim fez 77,14% (8º melhor de sempre) e Marco Silva fez 72,64% (22º melhor de sempre).

Para terminar, não há nenhum treinador do Sporting que em tantos jogos tenha ganho tão poucos troféus. Todos os treinadores do Sporting que fizeram pelo menos 96 jogos à frente da equipa ganharam mais do que Jesus. Jozef Szabo (290 jogos) ganhou 4 Campeonatos, 2 Taças de Portugal e 6 Regionais, Paulo Bento (194 jogos) ganhou 2 Taças de Portugal e 2 Supertaças, Juca (117 jogos) ganhou 2 Campeonatos e 1 Taça de Portugal, Fernando Vaz (117 jogos) ganhou 1 Campeonato Nacional e 1 Taça de Portugal, Carlos Queiroz (104 jogos) ganhou 1 Taça de Portugal e 1 Supertaça, Randolph Galloway (99 jogos) ganhou 3 Campeonatos Nacionais.

Perante tudo isto há que tirar conclusões. Pela nossa parte estamos só a expor factos, não estamos a expressar conclusões definitivas, mas tudo isto dá muito que pensar.

O que nos parece claro é que, perante o estado das coisas, Jorge Jesus deveria sentar-se para conversar com o Presidente após colocar o seu lugar à disposição.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário