Mattheus Oliveira (bom jogador) contratado, mas qual é a estratégia?

16 de Maio de 2017. Mattheus Oliveira, que mostrou grandes qualidades esta temporada no Estoril, é novo reforço para o futebol do Sporting na próxima temporada.
Sem pôr minimamente em causa o valor do atleta (este sabemos que tem qualidade indiscutível, ao contrário do italiano Piccini, que deixa muitas dúvidas…) começa a viver-se um “filme” que lembra muito a época passada.

Já é o 3º reforço (André Pinto, do Braga, foi o primeiro) para uma equipa onde ainda não couberam jovens da qualidade indiscutível de Francisco Geraldes, Ryan Gauld ou Iuri Medeiros, por exemplo… Será que vão caber todos na próxima temporada? Ou será que, mais uma vez, os fantásticos talentos que temos em casa vão ser quase todos desaproveitados?
Mas então o objetivo e a visão para o nosso futebol profissional não é complementar os inúmeros talentos da nossa formação com algumas (poucas) contratações cirúrgicas de futebolistas com enorme valor, que se tornem mais-valias indiscutíveis?

Post to Twitter

Deixe o seu comentário