Futebol – FC Porto-2 Sporting-1

No Dragão o Sporting tinha um jogo absolutamente decisivo na luta pelo título. A 5 pontos de distância do adversário, só a vitória poderia manter os leões dentro da luta.

O Sporting fez um jogo aceitável, seguramente o melhor desde o folgado triunfo sobre o Marítimo a 7 de Janeiro… A equipa conseguiu bater-se de igual para igual no terreno do líder do Campeonato embora tenha dado a impressão de que, sempre que o marcador esteve empatado, foram os portistas os mais empreendedores ficando o Sporting mais na expectativa, e isso foi fatal.

Apesar de tudo o Sporting respondeu bem à primeira desvantagem, chegou ao empate em cima do intervalo pelo miúdo Rafael Leão (que grande jogador que temos na forja – merece ser aposta contínua e imediata, não nos venham com histórias de juventude, etc. etc. – quantos grandes talentos por esse mundo fora começaram a jogar consistentemente com 18 anos? muitos!).

Na 2ª parte voltámos mal (lá está, com o marcador empatado não fomos suficientemente fortes), sofremos o 2-1, voltámos a reagir bem, Rúben Ribeiro entrou bem, deu um golo feito a Leão quase no final mas o jovem avançado atirou por cima… (antes já Montero tivera uma soberana oportunidade).

O final chegou com uma derrota e o adeus ao título numa partida em que Bruno Fernandes voltou a estar em grande plano e William Carvalho praticamente no seu melhor.

Em 4 jogos frente ao Porto esta temporada ainda estamos com zero vitórias e esta foi  a 2ª derrota… No entanto esta foi a partida em que estivemos melhor.

Agora há que apontar baterias ao 2º lugar (importante por causa da Liga dos Campeões) e jogar tudo na Taça de Portugal e Liga Europa. A época não está perdida mas o objetivo principal ficou definitivamente comprometido…

A equipa: Rui Patrício (6); Ristovski (5) – Rúben Ribeiro (6) 68, Coates (6), Mathieu (5) e Fábio Coentrão (6) – Fredy Montero (3) 85; Battaglia (5) e William Carvalho (7); Bryan Ruiz (7), Bruno Fernandes (8) e Acuña (6); Doumbia (5) – Rafael Leão 43 (7).

Melhor sportinguista em campo – Bruno Fernandes.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário