Um derby magnífico com resultado “curto”

21 de Fevereiro de 2009. O Sporting recebeu o Benfica em jogo a contar para a 19ª jornada do Campeonato Nacional. Os leões, orientados por Paulo Bento, perseguiam os rivais encarnados (a 3 pontos de distância) na luta pelo 2º lugar (seria o Sporting a levar a melhor no final) e o Estádio Alvalade apresentou uma assistência apreciável (45.000 pessoas) para uma partida que se previa disputadíssima.

A equipa leonina: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Anderson Polga e Grimi; Rochemback; Izmailov (Tonel 91), João Moutinho e Vukcevic (Pereirinha 76); Helder Postiga (Derlei 26) e Liedson.

O Sporting entrou muito bem no jogo e marcou o 1º golo aos 11 minutos por Liedson na sequência dum pontapé de canto (que ele próprio provocara levando o pânico à defensiva encarnada). O “Levezinho” rematou em arco (de trivela), à entrada da área, sem quaisquer hipóteses para Moreira. O jogo entrou então numa fase de equilíbrio mas os benfiquistas conseguiam ir criando algum perigo, como um remate de Yebda ao poste aos 25 minutos. 12 minutos depois Anderson Polga, com muita falta de prudência, rasteirou David Suazo na área leonina e Reyes converteu o penalty estabelecendo o empate. Logo a seguir Postiga lesionou-se e entrou em jogo Derlei. O intervalo chegou com o empate e as bancadas ao rubro perante um derby disputadíssimo que fez jus à sua tradição.

O Sporting entrou fortíssimo no 2º tempo. Logo de início Rochemback rematou por duas vezes com perigo, mas aos 48 minutos Derlei fez um golaço com um belo pontapé. Pouco depois, após jogada de Izmailov, o “Ninja” esteve pertíssimo de bisar. O Benfica estava completamente “encostado às cordas” e aos 55 minutos houve grande “bruá” em Alvalade com Derlei e Liedson muito perto do golo na mesma jogada. Depois, Vukcevic (por duas vezes), Derlei e João Moutinho (com uma “bomba” fantástica) quase marcavam. Aos 78 minutos foi Pereirinha a fazer uma jogada magnífica e, após intervenção de Derlei, atirar à trave.

Aos 82 minutos, finalmente, os leões ganharam alguma tranquilidade depois de mais um grande lance de Pereirinha culminado num centro para a cabeça “mortífera” de Liedson. O jogo parecia resolvido mas, em “cima da hora”, Cardozo ainda reduziu para a margem mínima, um resultado final de 3-2 que não demonstrou cabalmente a magnífica 2ª parte do Sporting que podia e devia ter conseguido uma margem mais ampla.

A entrada de Derlei ajudou a “revolucionar” o jogo. O seu entendimento com Liedson foi fantástico. No final afirmou: “Sabíamos que esta semana ia definir aquilo que pretendemos até ao final da temporada. Conseguimos uma vitória muito importante nesta altura para podermos continuar na perseguição ao líder (…) Fisicamente sinto-me muito bem, consigo jogar ainda mais algum tempo e enquanto assim fôr estarei aqui para ajudar o Sporting. Tenho contrato até ao final da temporada e quando terminar terei mais uma conversa com os responsáveis do clube para definir a situação, mas certezas só no final da época.” Acrescente-se que o atacante brasileiro acabou mesmo por sair de Alvalade no final da temporada, regressando ao Brasil.

sporting-3 benfica-2

Post to Twitter

Deixe o seu comentário