Futebol – Moreirense-1 Sporting-3

1ª jornada do Campeonato Nacional. Após um final de temporada anterior terrível como toda a gente sabe e uma pré-temporada aos soluços, o Sporting chegava ao terreno do Moreirense tentando mostrar que se pode contar com a equipa e que há meios para discutir títulos.

A equipa: Salin (8); Ristovski (4), Coates (5), Mathieu (5) e Jefferson (6); Petrovic (5), Battaglia (6) e Bruno Fernandes (8); Nani (6) – Raphinha (3) 70, Bas Dost (7) e Acuña (5) – Jovane Cabral (5) 70.

Melhor sportinguista em campo – Bruno Fernandes.

Para piorar as coisas os locais marcaram logo aos 6 minutos, por Heriberto, que concluiu ao 2º poste um cruzamento da direita perante a complacência de Ristovski. O Sporting reagiu – aliás já mandava no jogo até aí – e empatou aos 16 num bom lance de Bruno Fernandes. Pouco depois Jefferson “deu” de bandeja um golo a Bas Dost, mas o holandês “conseguiu” falhar de forma inacreditável.

A 2ª parte não começou bem. Esperava-se um Sporting mandão à procura da vantagem mas não foi bem isso que aconteceu. A equipa local conseguiu criar vários lances de perigo e aí avultaram as capacidades de Salin (que jogou devido a uma lesão de Viviano no aquecimento). Entretanto Jovane e Raphinha entraram e o primeiro conseguiu ganhar um penalty (escusado, mas indiscutível, cometido por Heriberto) – Bas Dost marcou, e mesmo no fim voltou a marcar ao fazer um chapéu brilhante ao guardião local após um passe magnífico de Bruno Fernandes.

O final chegou com um triunfo por 3-1, uma vitória muito importante. A exibição não foi boa – apenas sofrível – mas o fundamental era mesmo começar a ganhar. Individualmente, de destacar as prestações de Salin, Bruno Fernandes e Bas Dost, os artífices deste difícil triunfo.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário