Futebol – Vorskla Poltava-1 Sporting-2

O Sporting foi à Ucrânia defrontar pela 1ª vez o Vorskla Poltava, em partida da 2ª jornada da Fase de Grupos da Liga Europa. Interessava ganhar como sempre, mas desta vez o objetivo era mesmo tornar claro que o Sporting e o Arsenal são as equipas para seguirem em frente no Grupo, ponto final. O clube apresentou-se no Estádio Oleksiy Butovsky com: Salin (5); Bruno Gaspar (5), Coates (7), André Pinto (5) e Jefferson (7); Petrovic (6) – Jovane Cabral (7) 70; Bruno Fernandes (6) e Acuña (6); Carlos Mané (5) – Fredy Montero (7) 58, Diaby (6) – Raphinha (6) 70 e Nani (6).

Melhor sportinguista em campo – Fredy Montero

Os leões, todos de branco, sofreram o 1º golo logo aos 10 minutos, após um lance aparentemente inofensivo, cortado por André Pinto para a entrada da área e Kulach a surgir a rematar de pé esquerdo em arco.

O Sporting respondeu rapidamente e assumiu o jogo até ao intervalo, criando uma ou outra situação, a mais flagrante por Nani (Shust defendeu em cima da linha de golo).

Na 2ª parte continuou a jogar-se quase sempre no meio-campo dos ucranianos, mas o Sporting apresentava um futebol desinspirado. Aos 78 minutos pontapé de bicicleta de Montero para boa defesa de Shust. Em cima da hora, passe longo de Jefferson, com Montero a dominar na área e a rematar com muita classe ao poste mais distante fazendo o empate. Pouco depois, contra-ataque rápido com Raphinha a fazer um excelente passe para Bruno Fernandes, que não conseguiu evitar a intervenção do guarda-redes, mas a bola sobrou para Jovane Cabral que atirou certeiro fazendo o golo de uma vitória certa mas completamente inesperada momentos antes.

O Sporting saiu assim da Ucrânia com um triunfo saborosíssimo após uma exibição tristonha (mais uma) e ponta final demolidora! As coisas ficaram muito bem encaminhadas nesta Fase de Grupos da Liga Europa.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário