Futebol – Sporting-5 Nacional-2

Numa semana em que ambos os rivais na corrida pelo título já tinham ganho – os dois fora e os dois com grandes dificuldades, o Sporting recebia no Alvalade a equipa do Nacional da Madeira, um conjunto que, era sabido, ataca bem mas tem lacunas defensivas importantes.

Tal como aconteceu na semana passada (o que é preocupante, porque já é o mesmo erro, repetido), o Sporting foi surpreendido pela entrada em jogo do adversário. Logo nos primeiros segundos Renan teve que fazer um boa defesa, mas aos 8 minutos sofreu mesmo o 1º golo num belo pontapé de Camacho. O Sporting reagiu de pronto, ainda marcou (anulado, porque Diaby, que fez o passe para Bas Dost, estava milimetricamente fora-de-jogo), mas sofreu o 2-0 aos 26 minutos em mais uma bela jogada dos madeirenses concluida numa cabeçada de Palocevic. Aos 29, de livre-direto, Palocevic obrigou Renan a uma grande defesa que evitou escândalo ainda maior!…

Aos 35, ainda Palocevic, derrubou Bas Dost na área. O holandês converteu e reduziu, fazendo regressar a esperança às bancadas do Alvalade. Até ao intervalo o Sporting ameaçou algumas vezes o empate.

Para a 2ª parte surgiu Miguel Luís em vez de Bruno César (que tinha jogado de início em substituição do lesionado Wendel). O Sporting ameaçava cada vez mais. Jovane substituiu Nani (tocado) aos 68 minutos e o empate veio logo a seguir – Diaby isolou Bas Dost este atrapalhou-se um pouco mas ainda conseguiu assistir Bruno Fernandes para o golo! Mais empolgado ficaram os jogadores e o Estádio!

Aos 75 minutos, na cobrança de um livre (agressão clara de Felipe Lopes a Diaby que passou apenas com amarelo – mesmo após o VAR), Mathieu fez um golo tremendo dando a primeira vantagem da partida ao Sporting! o francês até estava a ter um jogo bastante difícil… Aos 79 Riascos atirou fortíssimo para uma intervenção fantástica de Renan (o Nacional não se dava por vencido). Aos 82 Bruno Fernandes, isolado, permitiu a defesa de Daniel. Aos 85 Bruno Gaspar cruzou e Bas Dost pareceu tocado quando procurava concluir de cabeça – no respetivo penalty (que teve que ser repetido) o holandês, glacial, fez o 4-2. Em cima da hora ainda veio o 5-2 – Jovane cruzou, no 2º poste Miguel Luís voltou a cruzar, e Bruno Fernandes (à segunda) assinou o último golo da noite.

Em suma, o resultado foi ótimo mas (aliás tal como na semana passada) não deixa perceber as enormíssimas dificuldades que o Sporting teve ao longo do jogo. Bruno Fernandes e Bas Dost voltaram a estar em grande destaque, numa noite em que, apesar de ter sofrido 2 golos, Renan foi também um dos melhores (o que prova a excelente réplica da equipa de Costinha).

Seguimos assim no 2º lugar, a 2 pontos do Porto.

A equipa: Renan (8); Bruno Gaspar (7), Coates (6), Mathieu (7) e Jefferson (6); Gudelj (6); Bruno César (4) – Miguel Luís (6) 46 e Bruno Fernandes (8); Diaby (7), Bas Dost (8) e Nani (6) – Jovane (6) 68.

Melhor sportinguista em campo – Bruno Fernandes.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário