Futebol – Sporting-1 FC Porto-1 vp – Bisámos na Taça da Liga!

26 de Janeiro de 2019. Estádio Municipal de Braga, perante 25.213 pessoas. Sporting (depois de ter derrotado o Braga nos penaltis) e Porto (após vencer o Benfica por 3-1) encontraram-se na final da Taça da Liga (patrocinada este ano pela Allianz), na qual os portistas, que comandam a Liga portuguesa e atravessam um ótimo momento de forma, eram favoritos (uma competição que nunca ganharam).

Com menos 24 horas de descanso em relação ao adversário, esperava-se algumas dificuldades físicas da equipa leonina, na qual, ainda por cima, Marcel Kaiser mexe muito pouco. Na 1ª parte nada se notou. O jogo foi equilibrado com duas equipas perfeitamente à altura uma da outra.

O Porto entrou bem com um bom lance de Corona. Aos 10 minutos Nani atirou com perigo por cima. Aos 15, após um erro de Vaná, Raphinha podia ter feito muito melhor (falhou o chapéu). Logo a seguir foi Pepe a errar, e Bruno Fernandes a solicitar Nani que atirou por cima.

O Sporting pressionava alto e criava dificuldades à saída de bola dos portistas. Aos 39 minutos, de novo Corona num bom lance e André Pereira a cabecear com perigo por cima. Aos 45 minutos, erro de Pepe e Felipe a travar Raphinha à entrada da área (ficou a dúvida se o mais certo seria o cartão amarelo ou o vermelho – pois o atacante do Sporting ficaria isolado perante Vaná). No respetivo livre-direito (último lance da 1ª parte), Bruno Fernandes atirou a rasar o poste.

Nos primeiros minutos da 2ª parte André Pinto magoou-se e foi substituído por Petrovic (adaptado ao centro da defesa). Aos 61 minutos, após canto de Alex Telles, Felipe cabeceou para bela defesa de Renan. O Porto estava melhor e o Sporting não conseguia organizar uma jogada com cabeça, tronco e membros. Aos 79 minutos Herrera rematou de longe, a bola bateu no solo antes de chegar a Renan e ainda por cima assumiu um efeito estranho no relvado – o guardião leonino não conseguiu agarrar e Fernando Andrade acabou por marcar na confusão – 1-0 para o Porto…

O Sporting respondeu de pronto, com belo lance de Nani e cruzamento para Bas Dost, que cabeceou mas não estava na posição ideal para marcar… aos 83 minutos Kaiser arriscou mais com a entrada de Diaby para o lugar de Gudelj. Aos 88 cruzamento/remate de Jefferson mas Vaná a salvar. Em cima da hora, falta grosseira de Oliver sobre Diaby na área (um verdadeiro pontapé nas pernas do espanhol ao maliano). João Pinheiro, apesar de pertíssimo do lance, não viu, mas o VAR chamou à atenção do árbitro que parou o jogo e depois de um compasso de espera assinalou o penalty – Bas Dost não tremeu e empatou a partida.

Antes do final um passe delicioso de Bruno Fernandes apanhou Raphinha em excelente posição mas o brasileiro atirou ao lado (ainda com intervenção de Vaná).

O final chegou com 1-1 e mais uma decisão para penaltis.  Aí, o Sporting tem um guarda-redes verdadeiramente especialista. Bas Dost fez 1-0, Alex Telles empatou. Coates atirou para as núvens e Eder Militão ao lado! Bruno Fernandes fez 2-1 com grande classe e Renan defendeu o remate de Hernani. Nani fez 3-1 e Filipe atirou à barra – a vitória leonina estava garantida!

Depois foi grande a festa entre os leões, que conquistaram a sua 2ª Taça da Liga, e consecutiva. A nossa equipa fez uma boa 1ª parte e um 2º tempo mais sofrido (parece-nos que fisicamente a equipa estava num plano inferior ao adversário) mas teve alma para conseguir trazer a Taça para o Alvalade!

Em termos individuais, Wendel foi talvez a principal figura ao correr quilómetros e intervir quase sempre bem. Coates fez também uma partida de grande qualidade, e Renan foi mais uma vez decisivo. Bruno Fernandes e Raphinha também tiveram os seus momentos de destaque, mas o nosso grande trunfo foi mesmo uma equipa muito unida, solidária e a dar tudo por tudo!

A equipa: Renan (7); Ristovski (6), Coates (7), André Pinto (6) – Petrovic 53 (6) e Acuña (5) – Jefferson (6) 46; Gudelj (5) – Diaby (4) 83, Wendel (7) e Bruno Fernandes (7); Raphinha (6), Bas Dost (7) e Nani (7).

Melhor sportinguista em campo – Wendel.

vídeo

Post to Twitter

Deixe o seu comentário