Futebol – Sporting-3 Portimonense-1

Numa fase do Campeonato em que já há pouco por que lutar em termos classificativos (mas muito, o máximo, pela honra da camisola), o Sporting recebeu o Portimonense no Alvalade perante cerca de 25.000 pessoas.

Os leões começaram bem o jogo e marcaram 2 golos de rajada aos 10 (canto de Bruno Fernandes e cabeçada de Diaby) e 11 minutos (abertura primorosa de Bruno Fernandes, corrida e tiraço de Raphinha).

Parecia que desta vez tudo iria “correr sobre rodas”, mas o Sporting perdeu intensidade e permitiu que os algarvios tomassem conta do jogo e criassem várias oportunidades para marcar, uma delas concretizada (por Paulinho), outras negadas por Renan e ainda outra que bateu com estrondo na trave… Entretanto o Sporting também criou uma ou outra situação para aumentar a conta mas houve imperícia na concretização.

Para a 2ª parte o Sporting esteve melhor defensivamente (a entrada de Idrissa Doumbia contribuiu muito para isso) como um melhor posicionamento. O Portimonense raramente incomodou e o Sporting perdeu várias oportunidades (Bas Dost está fora de forma…).

No final um penalty sobre Bruno Fernandes foi concretizado pelo mesmo – era o 3-1 – resultado final.

Em suma, bom resultado, exibição com altos e baixos. Bruno Fernandes continua a “carregar a equipa às costas”. Com Bruno Fernandes começa a acontecer  uma nostalgia antecipada, um pouco aquilo que se passa com quem vive uma grande paixão de Verão. Já se sabe que no final a outra pessoa vai quase de certeza embora, que provavelmente nunca mais a veremos, mas há que aproveitar cada minuto, porque vale a pena…

Renan, Mathieu, Acuña, Wendel e Raphinha também se exibiram em bom plano. Em contrapartida, Tiago Ilori continua a provar que foi desacertada a sua contratação (que, valha a verdade, nunca se percebeu). O mesmo acontece com Gudelj (Doumbia é claramente melhor, mas continua sem a titularidade – vá lá perceber-se porquê…).

A equipa: Renan (7); Ristovski (5), Tiago Ilori (4), Mathieu (7) e Acuña (7); Gudelj (5), Wendel (6) – Francisco Geraldes (1) 89 e Bruno Fernandes (8); Raphinha (7) – Idrissa Doumbia (5) 72, Bas Dost (5) – Luiz Phyllipe (2) 59 e Diaby (6).

Melhor sportinguista em campo – Bruno Fernandes.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário