Rogério – Lateral-direito polivalente e de bom nível

Rogério Fidelis Régis nasceu a 28 de Fevereiro de 1976 em Campinas – Brasil. Começou no União S. João, de onde passou para o Palmeiras. No “verdão” ganhou títulos e protagonismo individual a ponto de realizar 4 jogos pela seleção principal brasileira. 5 anos depois mudou-se para o Corinthians onde voltou a ganhar títulos.

No Verão de 2004 foi contratado pelo Sporting. Estreou-se oficialmente a 28 de Agosto na 1ª jornada do Campeonato Nacional frente ao Gil Vicente (3-2). Nos primeiros jogos José Peseiro utilizou-o como médio defensivo, mas foi pouco tempo depois, como lateral-direito, que se tornou um dos jogadores mais regulares da equipa.

Marcou o 1º golo a 4 de Outubro na receção à União de Leiria (2-2). Nessa 1ª temporada realizou 44 jogos e marcou 3 golos, estando em foco, sobretudo, na final da Taça UEFA realizada em Alvalade onde marcou o 1º golo da partida e, já na 2ª parte, atirou incrivelmente ao poste (com tudo para fazer golo) numa altura em que os leões já perdiam por 2-1 – na resposta os russos do CSKA Moscovo estabeleceram o 3-1 final…

Em Janeiro de 2006, num início de temporada muito difícil, alegou problemas pessoais e pediu para regressar ao seu país. Marcou pela última vez a 4 de Novembro de 2005 num Sporting-União Leiria (2-1) para o Campeonato. A sua última partida foi realizada a 20 de Dezembro de 2005 frente ao Rio Ave (3-0) despedindo-se nessa altura, de forma comovida (com uma volta ao estádio), dos adeptos em Alvalade.

Esteve um total de duas épocas no Sporting, com 59 jogos realizados e 5 golos marcados. Apesar de não ter estado muito tempo no clube deixou uma imagem muito boa de jogador polivalente, com boa técnica e grande abnegação.

Depois ainda passou por vários clubes: Fluminense, Itumbiara, Stº André e São Caetano (onde terminou a carreira em 2009).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário