Futebol – FC Alverca-2 Sporting-0

O Sporting iniciou a sua campanha na Taça de Portugal com uma deslocação a Alverca para defrontar uma equipa que milita no 3º escalão do futebol português.

Silas apresentou a seguinte equipa: Luís Maxímiano (5); Rosier (4), Neto (3), Tiago Ilori (4) e Borja (4) – Acuña (5) 60; Doumbia (5), Eduardo (5) – Bruno Fernandes (6) 46 e Miguel Luís (3); Jesé Rodríguez (4) – Bolasie (5) 60, Luiz Phellype (4) e Vietto (6).

Melhor sportinguista em campo – Vietto.

A nossa equipa, perante uma equipa do 3º escalão (repetimos) saiu derrotada por 2-0, sendo assim afastada da competição – da qual é detentora. A exibição foi dominadora mas pouco esclarecida. A defesa (e meio-campo defensivo) continua a não dar a mínima confiança, com futebolistas sem a mínima qualidade para representarem o nosso clube. Do meio-campo para a frente houve laivos de alguma qualidade de Vietto e pouco mais. A nossa equipa está a bater no fundo, desta vez com uma derrota impensável e que a envergonha.

Uma palavra para Silas: Começa a notar-se o “dedo” do novo treinador na circulação de bola, na forma como a equipa constrói, sempre com a bola pelo chão. Há claramente uma ideia de jogo, uma ideia atrativa de jogo, mas há ainda muitíssimo por fazer, sobretudo na dinâmica defensiva. Dê-se tempo ao treinador que, na nossa opinião, é um técnico de qualidade que nos pode trazer muitas alegrias. Repetimos, precisa de tempo – e, já agora, também de uma reestruturação profunda no plantel (preparado sem o mínimo critério para a corrente temporada).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário