Futebol – Belenenses SAD-1 Sporting-3

Depois de circunstancialmente ter perdido o 3º lugar para o Braga, o Sporting foi à Cidade do Futebol defrontar o Belenenses SAD, uma equipa que, com Petit, tem melhorado consideravelmente o seu rendimento.

A nossa equipa conseguiu uma boa vitória mas não fez um grande jogo. No entanto, se a vantagem de 3-1 ao intervalo (que viria a ser a final) era lisonjeira, no 2º tempo os leões controlaram bem a partida e poderiam até ter saído com um resultado mais amplo – muito por influência de Geraldes no meio-campo, que aumenta o critério da equipa.

O Belenenses SAD começou melhor, a presionar alto, e num desses lances (9 minutos) obrigou Quaresma a errar no passe – Varela serviu Licá no meio (incrivelmente só) e foi só marcar.

Sem jogar muito o Sporting reagiu e conseguiu o empate (22 minutos) num canto de Plata, com Koffi a sair da baliza como um “amador” e Coates a elevar-se e cabecear muito bem.

Aos 36 minutos Ristovski cruzou e Jovane fez um golaço num pontapé “de moínho” (ponto alto do jogo). Quase “em cima” do intervalo, boa combinação entre Jovane e Sporar, com o esloveno a ser claramente derrubado a Jovane a converter o penalty à 2ª tentativa (na 1ª Koffi defendeu mas adiantar-se antes da bola partir).

Para a 2ª parte entrou Francisco Geraldes (Jovane com problemas musculares) e o Sporting controlou melhor o jogo embora não tenha conseguido marcar.

De realçar ainda a falta que faz Mathieu, por demais evidente. Aliás, nesta tática de Amorim, Mathieu entrava na perfeição como central-esquerdo (ele que até chegou a jogar várias vezes como defesa-esquerdo na sua carreira). A falta de Mathieu sente-se mais em jogos no qual o adversário não faz do contra-ataque a sua arma principal, como foi o caso. Não vai ser fácil encontrar um substituto à altura – rareiam muito jogadores com aquelas caraterísticas, tão “perfeitas” para o atual desenho tático da nossa equipa.

Os protagonistas: Max (6); Eduardo Quaresma (5) – Tiago Ilori (3) 67, Coates (7) e Borja (6); Ristovski (6) – Rafael Camacho (2) 75, Matheus Nunes (5) – Doumbia (3) 67, Wendel (7) – Battaglia (1) 86 e Nuno Mendes (6); Gonzalo Plata (6), Sporar (6) e Jovane (8) – Francisco Geraldes (7) 46.

Melhor sportinguista em campo – Jovane.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário