Futebol – Portimonense-0 Sporting-2

Após a eliminação da Liga Europa, o Sporting viu-se muito cedo na temporada remetido às provas nacionais. No regresso do Campeonato, os leões foram a Portimão “lamber as feridas” da derrota europeia.

O início da partida foi alucinante, com o Sporting a criar perigo logo no início e marcar aos 4 minutos após uma jogada espantosa de Nuno Mendes no flanco esquerdo. Aos 11 veio o 0-2 por Nuno Santos que entrou de forma fantástica de cabeça após cruzamento de Vietto da direita.

Daí para a frente o Portimonense foi mais dominador, mas o Sporting conseguiu quase sempre controlar a situação, criando ainda uma ou outra situação, a mais flagrante de todas por Tabata (estreou-se oficialmente de verde e branco) aos 87 minutos, que completamente isolado após roubar a bola a um adversário, permitiu a defesa do guardião contrário.

De realçar em termos individuais a exibição praticamente perfeita de Adán, que sem um trabalho aturadíssimo, resolveu sempre bem as situações (algumas com razoável grau de dificuldade).

A equipa: Adán (8); Neto (7), Coates (7) e Feddal (5) – Gonçalo Inácio (3) 61; Porro (6), Matheus Nunes (6), Pote (5) e Nuno Mendes (7) – Antunes (1) 71; Tiago Tomás (5) – Tabata (2) 71, Vietto (6) – Plata (2) 71 e Nuno Santos (7) – Daniel Bragança (5) 56.

Melhor sportinguista em campo – Adán.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário