Futebol – Sporting-2 FC Porto-2

4ª jornada do Campeonato Nacional no Alvalade. O Sporting recebia o Porto numa partida em que seria muito importante ganhar para cimentar alguma vantagem sobre os portistas.

Foi um jogo intensíssimo que acaba por ser difícil de descrever, com muitas alternâncias no marcador, muitas nuances. As 5 substituições agora permitidas para cada lado também acabam por gerar alguma confusão em termos de análise com mudanças táticas constantes.

O Sporting podia ter ganho, mas como conseguiu o empate aos 87 minutos o resultado acaba por não ser amargo apesar de todas as estatísticas da partida serem favoráveis aos leões.

Marcámos primeiro num belíssimo remate de Nuno Santos. Depois o Porto deu a volta e muito perto do fim veio o empate.

Individualmente, Adán esteve a um bom nível, bem como Porro. Coates em grande (como vem sendo habitual), Nuno Santos sempre perigoso na esquerda. Pote mostra grandes qualidades mas precisa de mais competência no último terço. Saúde-se o regresso de João Mário (entrou tarde), que dá mais critério e o golo de Vietto, claro, que evitou uma derrota que seria injusta.

A equipa: Adán (7); Neto (5) – Tiago Tomás (2) 62, Coates (7) e Feddal (6); Porro (7) – João Mário (4) 78, Palhinha (7), Matheus Nunes (6) – Sporar (2) 78 e Nuno Mendes (6); Pote (7), Jovane (4) – Vietto (6) 56 e Nuno Santos (7) – Plata (3) 62.

Melhor sportinguista em campo – Pote.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário