Futebol – Sporting-1 FC Porto-1

4ª jornada do Campeonato Nacional. No Alvalade o Sporting recebeu o FC Porto com o intuito de não deixar fugir o Benfica.

Sem poder contar com Gonçalo Inácio e Pote, Rúben Amorim apresentou a seguinte equipa: Adán (6); Neto (5), Coates (6) e Feddal (5) – Matheus Reis (2) 70; Porro (7) – Tabata (2) 83, Palhinha (7), Matheus Nunes (8) e Rúben Vinagre (6) – Esgaio (2) 70; Jovane (6) – Sarabia (2) 61, Paulinho (5) e Nuno Santos (7).

Melhor sportinguista em campo – Matheus Nunes.

O Sporting foi superior em quase todo o tempo. Sem ter uma superioridade esmagadora, os leões foram mais ofensivos, criaram mais oportunidades de golo, estiveram em vantagem com uma bela emenda de Nuno Santos (16 minutos) a solicitação de Porro (após grande abertura de Matheus Nunes), mas sofreram o empate num golaço de Luiz Diaz aos 71 minutos.

O Sporting ficou a dever a si mesmo um triunfo que esteve ao seu alcance. Nuno Santos, sempre muito ativo, falhou duas clamorosas oportunidades frente a frente com o guardião portista (aos 33 após assistência de Jovane e aos 36 com passe de Matheus Nunes) que teriam dado um conforto no marcador que seria muito difícil de anular.

Este foi um jogo algo quezilento, com mais um ou outro lance de perigo de um e outro lado (sempre com maior prevalência leonina), e que terminou com um empate penalizador para as nossas cores. No entanto será de destacar o facto de a nossa equipa ter sido superior e parecer estar cada vez mais consolidada.

Uma palavra final para a estreia do espanhol Sarabia, ainda (muito naturalmente) algo desentrosado com os companheiros e que na ansia de fazer tudo bem acabou por não ser muito feliz.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário