Rui de Araújo

Nasceu a 25 de Março de 1910 em Lisboa. Começou a dar os primeiros “pontapés na bola” no Belenenses, onde esteve como infantil. Depois foi para o União de Lisboa, dando tanto nas vistas a ponto de ser contratado pelo Sporting.

Estreou-se oficialmente pela turma leonina (com o técnico Rudolf Jeny) a 16 de Outubro de 1932 num Sporting-Barreirense (4-3) para a 1ª jornada do Campeonato Regional de Lisboa. Marcou o 1º golo a 22 de Janeiro de 1933 frente ao Chelas (7-1).

Jogador polivalente – alinhava em qualquer posição da defesa ou do meio-campo – era apontado como um símbolo de dedicação, sempre pronto a ajudar os colegas tanto dentro do campo como fora dele. Talvez por isso tenha sido durante largos anos capitão da turma leonina, fazendo diversas épocas seguidas sem falhar um único jogo, mesmo que em más condições físicas.

Chegou a defrontar o Benfica com um sobrolho aberto e o Belenenses com uma costela partida, mas nunca se atemorizou. Era um verdadeiro “corredor de fundo”, com um pulmão que nunca mais acabava, mas curiosamente muito rápido no Atletismo, fazendo 9,3s aos 80 metros.

Esteve no Sporting durante 10 temporadas nas quais realizou 243 jogos e marcou 9 golos. Ganhou 13 provas oficiais (1 Campeonato Nacional, 3 Campeonatos de Portugal, uma Taça de Portugal e 8 Regionais de Lisboa).

Despediu-se do Sporting e da carreira de futebolista no dia 5 de Julho de 1942 em Guimarães (1-2) para a Taça de Portugal.

Foi 4 vezes internacional português

Morreu a 8 de Janeiro de 1998.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário