As ideias de Retamoza Dias, o novo Presidente

23 de Março de 1932. Neste dia Álvaro Luís Retamoza Dias tomou posse como presidente do Sporting. Poucas semanas depois, numa entrevista ao jornal “Os Sports”, o novo líder leonino afirmava que: “Assumir a presidência foi para mim um sacrifício e uma responsabilidade. Fi-lo por espírito de disciplina e confiado na colaboração de numerosos amigos que me escolheram para tão alto cargo.

O Sporting Clube de Portugal atravessa financeiramente um momento difícil fruto da crise económica que é geral no país. Procuraremos um equilíbrio orçamental mas o Futebol merece-nos um cuidado especial. A disciplina, dedicação e compreensão dos nossos atletas tem-nos facilitado o trabalho.

Algumas secções serão impulsionadas para ressurgirem. Vamos organizar as escolas de Natação, mas ainda não temos o intuito de ganhar nesta modalidade.

Continuaremos a prestar atenção ao Ciclismo, que tem tido sempre boa representação – Alfredo de Sousa, a dedicação personificada, procurará reformar um bloco que chegou a marcar um valor insofismável.

Na secção de Andebol (de onze) vamos concorrer ao Campeonato de Lisboa e é notável o número de sócios que quer praticar esta modalidade.

No Atletismo a dedicação de Mário Porto liberta-nos de preocupações, e nos momentos decisivos não faltará o conselho precioso e a orientação competente do dr. Salazar Carreira.

O Ténis encontra-se entregue à dedicação de António Simões e os seus representantes vão com certeza honrar as cores do clube.

No que diz respeito às relações com o Benfica, elas têm no passado tantos pontos de contacto que a própria tradição imporá uma solução favorável aos interesses comuns. Existem dificuldades com o nosso atual campo de jogos que o plano de urbanização sacrificou com o traçado de duas ruas. Felizmente encontrámos nas vereações o melhor desejo de não nos prejudicar, e a dedicação dos drs. Salazar Carreira e Oliveira Duarte (figuras que sempre aparecem nos momentos graves) encarregados na Assembleia Geral de tratar o problema, tudo farão para salvaguardar os nossos interesses.”

Post to Twitter

Deixe o seu comentário