Jovem Libânio decidiu, no prolongamento, frente ao Benfica

28 de Março de 1976. Em jogo a contar para os 1/16 final da Taça de Portugal o Sporting recebeu o Benfica. Juca treinava o clube de Alvalade, que alinhou com: Matos; Tomé, José Mendes, Laranjeira e Da Costa; Nelson (Vítor Gomes 105), Fraguito e Baltazar ; Marinho (cap), Manuel Fernandes e Chico (Libânio 105).

O Sporting não estava num bom momento, e o adversário era o Benfica, que caminhava para o bi-Campeonato. No entanto, no derby de todas as emoções, os sportinguistas não se atemorizaram e realizaram uma exibição esforçada, plena de garra.

Os 90 minutos chegaram sem golos, pelo que houve que proceder a um prolongamento. Com as equipas verdadeiramente extenuadas a emoção aumentava de minuto para minuto. Na mudança de campo desse período Juca fez entrar Vítor Gomes e Libânio (foto), e este, um jovem de 19 anos, acabou por ser o herói da tarde, fazendo aí o seu 1º golo pelo Sporting e decidindo a contenda.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário