Duscher – Um “coast to coast” magnífico

Aldo Pedro Duscher nasceu a 22 de Março de 1979 em Esquel – Argentina. Numa altura em que era uma das grandes promessas do futebol do país do tango chegou ao Sporting, no Verão de 1998 (vindo do Newell`s Old Boys), indicado pelo novo treinador, o croata Mirko Jozic.

Estreou-se oficialmente a 24 de Agosto, em Setúbal (1-1) na 1ª jornada do Campeonato, e, curiosamente, foi expulso. Marcou o 1º golo (bisou) a 13 de Dezembro numa receção ao Braga (4-1), numa partida em que também Rui Jorge se estreou a marcar de “leão ao peito”. Essa sua 1ª temporada no clube (apesar de ter apenas 19 anos) foi magnífica, tornando-se mesmo a grande revelação da época. Centrocampista com muito boa técnica, excelente capacidade de passe e capacidade para fazer um vai-e-vem constante de área a área, jogou 29 vezes e marcou 3 golos.

Na temporada seguinte o Sporting mudou de treinador (chegou Materazzi, que ao fim de pouco tempo foi substituído por Inácio), mas o argentino manteve-se intocável na equipa, assumindo-se mesmo como o “coração” do conjunto, impondo o seu ritmo. Excelente recuperador de bolas, tinha uma fantástica capacidade para depois distribuir jogo com critério.

Nessa época o Sporting chegou ao título após 17 anos de jejum e no final não conseguiu segurar esta “pérola” argentina, que saiu para a Corunha. Jogou pela última vez de verde e branco a 25 de Maio de 2000 na finalíssima da Taça de Portugal perdida frente ao Porto (0-2). Marcara o último golo 11 dias antes, em Vidal Pinheiro, no jogo que decidiu o Campeonato.

Fez um total de 62 jogos oficiais pelo Sporting, tendo apontado 6 golos. Ganhou 1 Campeonato Nacional. Ficou para sempre ligado à grande festa leonina que foi o título de 2000 como um dos seus principais protagonistas e responsáveis.

Jogou depois 7 anos do Deportivo, passando ainda por Racing Santander, Sevilha e Espanhol de Barcelona. Já numa fase descendente da carreira alinhou no Barcelona do Equador, ENP (Chipre) e Veria FC da Grécia.

Para além de internacional nas camadas jovens, jogou 4 vezes pela Seleção principal da Argentina.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário