9-1, a maior vitória de sempre (jogos oficiais) frente ao FC Porto

4 de Abril de 1937. No Campo Grande, para a 10ª jornada do Campeonato da Liga, o Sporting recebeu o Porto. Apesar de estarem já um pouco longe do título os leões encaram o confronto com grande empenho e acabaram por fazer uma exibição e um resultado que ficaram para a História. Wilhelm Possak escalou a seguinte equipa: Azevedo; Jurado e Mário Galvão; Rui de Araújo, Paciência e Manecas; Mourão, Pireza, Soeiro, Heitor e João Cruz

O Sporting começou o jogo abertamente ao ataque mas a pontaria não estava afinada. Na 1ª meia-hora não houve golos apesar de diversas oportunidades que fizeram rejubilar os sócios leoninos.

Aos 33 minutos Paciência abriu longo em Mourão na ponta-direita, este centrou e João Cruz, de cabeça, abriu o ativo (“em aparente fora-de jogo” segundo o jornal “Os Sports”). 7 minutos depois, após bela jogada individual, Soeiro aumentou a contagem, para, a 2 minutos do intervalo, numa verdadeira “obra prima” coletiva, o Sporting chegar a 3-0 por João Cruz a passe de Soeiro. Foi um quarto-de-hora final da 1ª parte verdadeiramente alucinante.

Logo no início da 2ª parte, após uma amostra de reação portista, Pireza fez 4-0 com um excelente remate após centro de Mourão. De canto direto Pinga reduziu logo a seguir, mas aos 56 minutos o Sporting fez o 5-1 por Pireza, após bela corrida de João Cruz pelo seu flanco.

Os portistas, apesar de mostrarem bom futebol e de porfiarem, não conseguiam marcar, enquanto os leões patenteavam uma vontade férrea de fazer mais golos. António Santos, magoado, saiu e os azuis ficaram com 10 jogadores. Aos 60 minutos João Cruz fez 6-1. 4 minutos depois surgiu o 7-1 após uma magnífica jogada, novamente de Cruz, a qual Soeiro concluiu oportunamente. A 4 minutos do fim Soeiro, servido por João Cruz (depois de excelente jogada individual), fez 8-1 e a 1 minuto do fim, assistido por Pireza, Soeiro voltou a marcar.

O notável de tudo isto é também o facto de entre os golos se terem desperdiçado diversas oportunidades de parte a parte, com especial destaque para os sportinguistas, que poderiam ter conseguido um resultado inimaginável… Galvão, Manecas e Paciência foram grandes figuras na equipa logo atrás do magnífico João Cruz (foto). Foi uma tarde histórica para os leões, que conseguiram a sua mais “gorda” vitória de sempre sobre o FC Porto em jogos oficiais.

Post to Twitter

Comments (2)

 

  1. sporting canal says:

    Bom dia Sr. Jorge. A Sporting TV ainda não existe, mas deverá ser uma realidade dentro de algum tempo.

  2. jorge oliveira says:

    bom dia a toda familia SPORTINGUISTA . queria e gostava de saber como se pode ver o SPORTING TV no pc .. obrigado .. feliz sabado SPORTING SEMPRE

Deixe o seu comentário