1992 – 8º título consecutivo no Ténis de Mesa

5 de Abril de 1992. O Sporting sagrou-se mais uma vez Campeão Nacional de Ténis de Mesa (20ª vez), e a conta já ía em 8 anos consecutivos. A equipa, formada por Pedro Miguel, Chen Shi-Chao, Nuno Dias e Paulo Fernandes não deu muitas hipóteses aos seus adversários. Ainda assim, devido ao uma derrota com o S. Roque da Madeira na fase final (a 1ª em 8 anos!), o Sporting só alcançou o título na última jornada ao bater o Sporting das Caldas por 5-0.

Pedro Miguel, capitão e grande figura da equipa, já era há vários anos o melhor jogador português. Tinha apenas 18 anos quando contribuiu 8 anos antes para acabar com o hegemonia do Benfica, e com João Portela (agora no Benfica) e Nuno Dias foi o trio que marcou esta modalidade na década de 80. Para Pedro Miguel: “Este título representa algo de muito importante num ano de transição, pois sofremos a 1ª derrota após 8 anos só com vitórias. Dedico a vitória a todos os sportinguistas e acho que as pessoas do Sporting devem continuar a ter um espírito ganhador e não haver desmotivação mesmo quando não se consegue ganhar nas outras modalidades. Um abraço ao Chen Shi-Chao, ao Nuno Dias e ao Paulo Fernandes, de cuja equipa eu tenho orgulho em pertencer”.

Uma semana depois, também as senhoras foram Campeãs Nacionais (13º título), numa equipa formada por Odete Cardoso, Luísa Lopes e Margarida Lopes. Aliás, em ambos os sexos se conseguiu a “dobradinha”, enquanto individualmente, Pedro Miguel (Campeão Nacional de seniores, absoluto, de pares – com Paulo Fernandes, e pares mistos – com Luísa Lopes), Luísa Lopes (Campeã Nacional de seniores, de pares – com Margarida Lopes, e de pares mistos – com Pedro Miguel) e Margarida Lopes (Campeã Nacional absoluta e de pares – com Luísa Lopes) ganharam tudo o que havia para ganhar, naquela que foi talvez a melhor época de sempre da modalidade no clube.

Na foto, os jogadores mais utilizados no título masculino: Nuno Dias, Chen Shi-Chao e Pedro Miguel.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário