Recorde nacional – A maior goleada no Campeonato da Liga

17 de Abril de 1938. Neste dia o Sporting recebeu o Carcavelinhos para a 13ª jornada do Campeonato da Liga, uma competição que durou 4 anos e antecedeu o Campeonato Nacional de Futebol. No entanto o Campeão Nacional continuava a sair do Campeonato de Portugal, prova que se continuaria a disputar e a consagrar o campeão até 1937/38.

Jozef Szabo treinava os leões, que alinharam com: Azevedo; Jurado e Mário Galvão; Rui de Araújo, Paciência e Manecas; Mourão, Soeiro, Peyroteo, Pireza e João Cruz.

Nessa tarde os sportinguistas bateram o recorde de goleadas de todos os campeonatos da Liga ao vencerem por 13-0. Ao intervalo os verde e brancos já venciam por 5-0 com golos de Mourão (no 1º e 18º minutos) e Peyroteo (30, 37 e 39 minutos).

Na 2ª parte, a margem foi aumentando mercê duma “orquestra” muito bem afinada e de grande eficácia. Os golos restantes foram da autoria de Soeiro (2), Pireza (2), Peyroteo (2), Mourão e João Cruz.

O Sporting fez uma excelente exibição. Impôs um ritmo muito forte desde o início da partida, com a bola a ser jogada quase sempre pelo chão. Manecas e Mourão (foto de arquivo) foram os melhores elementos duma equipa toda ela em muito bom plano, onde também Peyroteo, com mais 5 golos, se destacou enormemente.

Não se pense que esta equipa do Carcavelinhos era uma espécie de “bombo da festa”, pois classificou-se no 4º lugar do Campeonato, logo a seguir aos 3 grandes, e à frente de equipas como o Belenenses ou a Académica.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário