Leões eliminaram Porto da Taça no desempate em Coimbra

19 de Abril de 1966. Depois duma vitória em Alvalade por 1-0 e uma derrota nas Antas pelo mesmo resultado, o Sporting defrontou o FC Porto, em Coimbra, numa partida de desempate para decidir quem seguiria para as meias-finais da Taça de Portugal. A equipa: Carvalho; Morais, Alexandre Baptista e Hilário; Carlos Barão e Dani; Rudolfo Seminário, Teixeira, Figueiredo, Peres e Oliveira Duarte.

Este foi o 3º de 4 jogos consecutivos entre Sporting e Porto, e o seguinte (5 dias depois) seria decisivo para os leões em termos de Campeonato, pelo que Otto Glória utilizou alguns jogadores muito pouco rodados como Barão, Rudolfo Seminário (que se estreou nessa tarde de verde e branco) ou Teixeira.

Ainda assim a produção da equipa não se ressentiu por aí além, e Figueiredo encarregou-se de resolver as coisas, com golos aos 15 e 62 minutos. A vitória sportinguista foi considerada natural pela crítica, pois mesmo utilizando alguns habituais reservas os leões eram, mesmo assim, superiores ao adversário. Figueiredo (foto de arquivo), claro, foi o “homem do jogo”.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário