1978 – Campeões Nacionais de Basquetebol num jogo “louco”

13 de Maio de 1978. Neste dia o Sporting sagrou-se Campeão Nacional de Basquetebol pela 6ª vez numa final absolutamente “louca”. O encontro decisivo, disputado com o Ginásio Figueirense (na Figueira da Foz) foi discutido até ao último segundo, tendo os leões vencido por 96-95 após 2 lances livres concretizados. A equipa: Hélder (6), Nélson Serra (22), Carlos Lisboa (4), Baganha (6), Rui Pinheiro (6), Mário Albuquerque (17), Leonel Santos (8), Mike Faulkner (27), Quim Neves e Carlos Sousa. O treinador era Arthur Durand.

Ao intervalo os locais venciam por 48-47 num jogo memorável, completamente equilibrado de princípio a fim. A 2 minutos do termo da partida o Ginásio vencia por 6 pontos e tudo parecia decidido, mas o Sporting (com um “banco” mais valoroso) foi mais experiente e matreiro. Nos momentos finais o marcador oscilou entre 93-91, 95-91, 95-93… então, um derrube claro sobre Mike levou o Sporting a beneficiar de 2 lances livres, numa considerada falta técnica ao treinador local, tendo os leões passado para a frente por 96-95 num epílogo de Campeonato verdadeiramente impróprio para cardíacos.

Pode dizer-se que o Sporting deu o “xeque-mate” na hora “h”. Depois do final da partida viveu-se um ambiente efervescente. Os leões a chorarem unidos num abraço, os locais a não acreditarem no que os seus olhos viam, os jogadores do Sporting em dificuldades para entrarem no balneário, um dos árbitro a ser agredido…

Nélson Serra, uma das principais figuras da turma verde e branca, afirmou: “Isto foi impróprio para cardíacos. Sempre acreditei que ganharíamos na Figueira depois de termos perdido em Alvalade, mas ganhou o Sporting como poderia ter ganho o Ginásio. Foi um belo espetáculo e é destes jogos que o Basquetebol português precisa”.

Com 19 anos, Carlos Lisboa já era visto como o basquetebolista do futuro: “Nunca tinha sido campeão, e fui logo depois dum jogo destes… O Sporting possui o melhor lote de jogadores, mas o Ginásio não saiu diminuido”.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário