Correia César

Guilherme Correia César nasceu a 4 de Junho de 1912 em Torres Vedras. Sportinguista, começou por praticar Atletismo e Basquetebol no clube do seu coração. Em 1932 experimentou a prática do Andebol de 11 e nunca mais de lá saiu, mantendo-se cerca de 15 anos no clube leonino, normalmente no posto de médio esquerdo – onde se fixou quase desde o início.

Várias vezes chamado para a Seleção de Lisboa, estreou-se na final do 1º Campeonato de segundas categoriais onde os leões foram vencidos, mas desforrou-se depois largamente ao conquistar os títulos de segundas em 1935 e da categoria de honra em 1936, 1938, 1939, 1940, 1942 e 1945. Durante o largo período em que jogou nunca conseguiu ser campeão nacional, pois embora os leões dominassem com clareza o panorama do Andebol de 11 em Lisboa, falharam por várias vezes a conquista do ceptro a nível nacional (que só viriam a conseguir em 1961).

Foi durante largos anos o melhor homem no seu posto, aliando às qualidades de defensor seguro as virtudes de perigoso atacante o que o fez ocupar diversas vezes o posto de interior esquerdo e de fazer vários golos – a sua capacidade de remate e drible eram excelentes.

No forte conjunto sportinguista era um dos melhores, juntando à classe de jogador e lealdade de desportista o entusiasmo dum leão dedicado, digno de ser apontado como exemplo e figurar na galeria dos desportistas que honraram a sua modalidade e prestigiaram o clube.

Mais tarde foi dirigente do Sporting, chefiando a secção de Andebol de 11. Foi de sua iniciativa a instituição da Taça César Vitorino em honra de outro grande nome leonino da modalidade.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário