Chana

Vítor Manuel dos Santos Carvalho nasceu a 6 de Dezembro de 1952 no Estoril. Popularizado no Hóquei em Patins por Chana, é a figura cimeira da História da modalidade no Sporting. Foi nos seus tempos de juventude o melhor jogador da “fábrica” de hóquistas que constituia a Juventude Salesiana, tendo rumado ao Sporting em 1972.

Dono de uma magnífica técnica, grande agilidade e com dotes de goleador inigualável, esteve 10 anos em Alvalade onde ganhou tudo o que havia para ganhar – uma Taça dos Campeões Europeus (1977), uma Taça das Taças (1981), 5 Campeonatos Nacionais (de 1975 a 1978 e 1982) e duas taças de Portugal (1976 e 1977).

Em 1977 fez parte daquela que é para muitos considerada a melhor equipa de clube de sempre do Hóquei em Patins ao lado de Ramalhete, Sobrinho, Rendeiro e Livramento. Este “cinco maravilha” ganhou tudo o que havia a ganhar pelo Sporting (no que diz respeito à Taça dos Campeões europeus foi a 1ª de uma equipa portuguesa) e por Portugal.

Em 1978 chegou a acumular as funções de jogador com as de treinador em Alvalade.

Jogou 117 vezes (226 golos) pela seleção nacional conquistando 2 Campeonatos do Mundo (1974 e 1982) e 3 Campeonatos da Europa (1973, 1975 e 1977).

Foi ele quem convenceu António Livramento a jogar no Sporting, outro aspeto importante da sua biografia desportiva e que em muito beneficiou o percurso leonino na modalidade.

Post to Twitter

Comments (1)

 

  1. Rui Silva says:

    Um dos melhores jogadores do todos os tempos, talvez mesmo o melhor a seguir ao Livramento. Epoca de ouro do hoquei português, quando hoquei ainda enchia pavilhões, e era vivido com paixão.

Deixe o seu comentário