Géo – Um canhoto com excelente técnica

Geraldo da Rocha Carvalho nasceu a 13 de Junho de 1935 no Recife- Brasil. Na equipa da sua cidade – Sport Recife, começou a ganhar notoriedade. Depois mudou-se para o Palmeiras onde, em 1959, fez parte da equipa que cometeu a proeza de conquistar o Campeonato Paulista frente ao Santos de Pelé.

Chegou ao Sporting, proveniente do Botafogo de Ribeirão Preto, no Verão de 1960, e estreou-se oficialmente (com o treinador Alfredo González) a 6 de Novembro do mesmo ano numa vitória em Coimbra por 1-0 para o Campeonato (curiosamente o guardião – também brasileiro – Aníbal estreou-se na mesma tarde). Marcou pela 1ª vez a 11 de Dezembro num triunfo por 7-1 no reduto do Salgueiros. Logo nessa 1ª temporada fez valer a sua categoria, ganhando um lugar como interior-esquerdo nos habituais titulares.

Na época seguinte, com Juca, destacou-se ainda mais. Foi um dos mais utilizados da equipa e contribuiu com 24 jogos e 6 golos na conquista do 11º Campeonato Nacional para as cores verde e brancas. Em 1962/63 mais uma conquista, a Taça de Portugal, mas para 1963/64, a sua última época no Sporting, estava guardado o “melhor bocado” com a vitória tão recordada na Taça das Taças onde foi um dos protagonistas. No final dessa epopeia pediu aos responsáveis sportinguistas para sair, pois tinha o pai muito doente no Brasil.

A 20 de Maio de 1964 alinhou pela última vez de “leão ao peito”, em Évora, frente ao Vitória de Setúbal (0-1) para a Taça de Portugal. Marcara o golo derradeiro a 21 de Abril frente ao Olympique de Lyon (1-1), em Alvalade, para a Taça das Taças.

Esteve um total de 4 épocas no Sporting, tendo realizado 123 jogos oficiais e apontado 22 golos. Ganhou 1 Taça das Taças, 1 Campeonato Nacional e 1 Taça de Portugal. Esquerdino talentoso, com muita técnica, excelente no passe e razoável capacidade concretizadora, deixou marcas inesquecíveis em Alvalade.

Afastou-se “antes do tempo” do Futebol devido a uma grave lesão no joelho, e viria a morrer ainda jovem, com apenas 54 anos.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário