Reabilitação do futebol nacional graças ao Sporting!

22 de Junho de 1947. Depois dos 0-10 com a Inglaterra, Portugal vivia mal com o seu futebol, em verdadeira depressão. A reabilitação surgiu neste dia, num Sporting-Vasco da Gama (campeão do Estado do Rio de Janeiro) disputado no Estádio Nacional.

Orientados por Robert Kelly, e muito perto de se sagrarem campeões nacionais pela 7ª vez, os leões alinharam com: Azevedo (cap); Juvenal e Manecas; Canário, Octávio Barrosa e Veríssimo; Jesus Correia, Vasques, Peyroteo, Travassos e Albano.

Logo na 1ª jogada da partida os brasileiros marcaram, por Lelé, a passe de Friaça. O público ficou “gelado”, não sabendo se havia de aplaudir ou não, relembrando-se na derrocada frente aos ingleses. Os leões não acusaram o toque, notava-se uma vontade enorme na equipa de defender o prestígio do seu emblema.

A partir dos 10 minutos de jogo, e após uma boa intervenção de Azevedo, o Sporting tomou o comando da partida, com autoridade. A máquina começou a funcionar com entusiasmo. Para superar a maior valia técnica dos brasileiros havia que ser melhor em abnegação, e foi precisamente isso que aconteceu. Muito perto da meia-hora, Albano chegou a uma bola que parecia perdida na esquerda, centrou bem e Jesus Correia concluiu de cabeça – era o empate.

4 minutos depois Peyroteo, de cabeça, na sequência dum pontapé de canto, pôs os verde e brancos na frente, para Jesus Correia confirmar a vantagem aos 41 minutos após belíssima tabelinha com Albano. O intervalo chegava assim com um resultado reconfortante para as cores nacionais. Os brasileiros tentavam contra-atacar, e faziam-no com grande velocidade, mas Azevedo, jogando na antecipação, esteve brilhante.

O 2º período foi diferente, de intenso domínio canarinho e com o Sporting a patentear uma bem organizada defesa. Só a 5 minutos do fim, Friaça conseguiu atenuar a derrota, beneficiando dum erro crasso de Azevedo. Aliás esta foi a única mancha dum desafio soberbo do guardião leonino, que a par de Travassos foi o melhor da equipa. O Sporting limpou assim a imagem do futebol nacional com uma vitória marcante por 3-2 sobre uma das melhores equipas do futebol brasileiro.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário