Boa presença nos Jogos Olímpicos Nacionais de 1911

Em finais de Junho de 1911 disputaram-se no velódromo de Palhavã os 2ºs Jogos Olímpicos Nacionais. Desta vez o Sporting não conseguiu a vitória coletiva (essa foi para o CIF), mas deixou de novo ótimas indicações com diversas vitórias individuais, a saber: António Stromp (100 metros em 12s – recorde nacional), Mathias de Carvalho (2.000 metros obstáculos), Gabriel Ribeiro e manos Stromp (estafetas), Gabriel Ribeiro (salto em comprimento com corrida), Fernando Caetano Pereira (lançamento do disco), Celestino Pais Ramos (salto à vara) e a fantástica equipa de Luta de Tração.

Além de serem fundamentais na equipa de Futebol, António e Francisco Stromp (com 16 e 18 anos!) marcavam pontos também no Atletismo. O irmão mais novo seria, aliás, considerado durante alguns anos o homem mais rápido de Portugal.

Outra vitória importante surgiria cerca de 2 meses depois, numa muito badalada corrida pedestre organizada por uma comissão de sócios do Sport Clube Progresso. O sportinguista João Aguiar percorreu os 15km com mais de 4 minutos de avanço sobre o 2º classificado – José Ferreira, do Cruz de Pedra FC. Entretanto, António Nunes Soares Junior era indiscutivelmente o “rei” da velocidade no Ciclismo nacional.

Na foto a equipa vencedora da prova de Estafetas: António Stromp, Gabriel Ribeiro e Francisco Stromp.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário