Fernando Riera – O treinador chileno mais bem sucedido de sempre

Fernando Riera Bauza nasceu a 27 de Junho de 1920 em Santiago do Chile. Futebolista (avançado) de grande destaque no seu país (sobretudo na Universidad Católica), jogou na Copa América em 1942, 1947 e 1949 e no Mundial de 1950. Construiu uma carreira que fez dele um dos grandes jogadores sul-americanos dos anos 40.

Como treinador continuou a trilhar os caminhos do sucesso. De 1954 a 1957 esteve no Belenenses e em 1962 levou o seu país ao 3º lugar no Mundial de 1962. Para além de outros trabalhos meritórios, foi campeão nacional pelo Benfica em 1963, 1967 e 1968. Esteve também na Argentina, em Espanha, no FC Porto (1972/73) e em França antes de chegar ao Sporting, em Dezembro de 1974 (numa altura em que a equipa andava pelo 4º lugar), substituindo Osvaldo Silva (que se manteve na equipa técnica) e sendo coadjuvado por Juca. Na altura realçou que: “Entrar a meio do baile tem os seus inconvenientes”.

Estreou-se a 15 de Dezembro com um empate a zero em Marvila frente ao Oriental. Pouco a pouco a equipa melhorou, mas o chileno acabou por não conseguir mais que terminar o Campeonato em 3º e chegar à meia-final da Taça de Portugal, onde foi eliminado pelo Boavista (clube que tinha afastado os leões do título com outra derrota no Bessa…).

O seu percurso em Alvalade, sem ser brilhante, acabou por ser positivo, mas insuficiente para convencer o presidente João Rocha. Entretanto lançou jovens como Garcez, Palhares ou Inácio.. No final da temporada acabou por sair, sendo promovido Juca a técnico principal para a temporada seguinte.

Depois prosseguiu uma longuíssima carreira, com passagens pelo México e pelo seu país, onde esteve largos anos na Universidad do Chile. Terminou os seus dias de treinador em 1988/89 no Monterrey, do México.

Morreu a 23 de Setembro de 2010, na sua cidade natal.

FERNANDO RIERA como TREINADOR do SPORTING
ÉPOCA J V E D GM GS %
1974/75 23 14 6 3 50 17 73,9

Post to Twitter

Deixe o seu comentário