1979 – Campeões Nacionais de Atletismo pela 30ª vez (senhoras também venceram)

29 de Junho de 1979. A equipa masculina do Sporting completou três dezenas de títulos (12º consecutivo!), nos Nacionais de Atletismo. José Carvalho (na foto) esteve brilhante ao triunfar nos 110 metros barreiras, 400 e 400 metros barreiras. Os ganhadores habituais – Carlos Cabral, Aniceto Simões, Carlos Lopes, Raposo Borges, José Pedroso e Luís Azevedo, também brilharam a grande altura.

Na prova feminina, as leoas reconquistaram o título depois de o terem perdido no ano anterior para o Benfica. As Conceições (Alves e Moura) e a inevitável Adília Silvério (competou 25 vitórias em Campeonatos Nacionais por equipas nos lançamentos do disco e do peso!) foram os principais destaques, naquele que foi o 22º campeonato nacional conquistado pelo Atletismo feminino do Sporting.

Mas o brilho da época de Atletismo esteve longe de se cingir á conquista coletiva dos nacionais de pista. Desde logo, haverá a realçar o título europeu de Crosse (desenvolvido noutro setor deste site), mas muito mais houve para contar. A 10 de Dezembro de 1978, no Crosse Finlandia (uma prova disputada por atletas de nomeada e organizada pela Embaixada da Finlandia em Madrid), o vencedor foi o “nosso” Fernando Mamede, que após uma corrida extraordinária, bateu o finlandês Kantanen e o espanhol António Prieto, deixando-os a 15 e 26 segundos, respetivamente.

Na 46ª tradicional Estafeta Cascais-Lisboa, disputada debaixo de condições climatéricas extremamente adversas com ventos fortíssimos pela frente, não deixou de haver luta rija. Como de costume venceu a equipa do Sporting com Hélder Jesus, Fernando Miguel, Aniceto Simões, Fernando Mamede e Rafael Marques. Os leões deram quase 2 minutos ao Benfica!

No Nacional de Crosse, na Figueira da Foz, Mamede venceu, sucedendo a Lopes (ausente), com cerca de 17s de avanço sobre o portista José Sena. Aniceto Simões ficou em 3º, João Campos em 5º e Bernardo Manuel em 7º, garantindo a confortável vitória coletiva (32ª).

Em meados de Abril, na Reunião Internacional da Federação Portuguesa de Atletismo, houve um excelente conjunto de provas presenciadas por numeroso público no palco do Jamor. Destaque para a prova de 10.000 metros na qual Fernando Mamede bateu o famoso inglês Tony Simmons (3º) sem apelo nem agravo, deixando-o a mais de 34 segundos!

Na 5ª Taça dos Campeões Europeus de pista, disputada no tartan de Alvalade, a edição contou com 450 atletas em representação de 12 equipas. O Sporting obteve um honroso 5º lugar (mais ou menos previsível) e obteve 3 vitórias individuais de grande mérito: José Carvalho nos 400 metros barreiras e Fernando Mamede nos 5.000 e 10.000 metros.

Já em inícios de Julho, após longa ausência, Carlos Lopes reapareceu nos Campeonatos de Lisboa nos quais os leões foram claramente superiores ao Benfica. Nos Campeonatos Nacionais individuais, em masculinos e femininos os leões totalizaram 16 vitórias, sendo o maior destaque a prova de Raposo Borges no salto à vara, onde bateu o recorde nacional com 5m10cm. Já em Agosto, num torneio no Jamor, Fernando Mamede estabeleceu novo máximo ibérico nos 3.000 metros, com 7m46,0s.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário