Marinho – Competitividade e polivalência no meio-campo

Mário Abreu Alves da Silva (conhecido nos meios futebolísticos por Marinho) nasceu a 8 de Julho de 1954 em Macau, onde viveu até aos 10 anos. Nessa altura a sua família (o pai era militar) veio para Portugal, fixando-se em Braga. Começou por jogar futebol no clube da “cidade dos Arcebispos” e chegou apenas com 18 anos à equipa principal. Logo começou a destacar-se, chegando inclusivamente à Seleção Nacional de Esperanças.

No Verão de 1978 foi contratado por João Rocha para reforçar o meio campo leonino. Estreou-se oficialmente (com o treinador Pavic) a 26 de Agosto na 1ª jornada do Campeonato Nacional (derrota no Bessa por 2-0). Logo nessa 1ª temporada foi habitualmente titular jogando ao lado de Ademar e Ailton, e no ano seguinte pôde festejar o seu 1º Campeonato Nacional de “leão ao peito” numa equipa comandada por Fernando Mendes e onde jogou com bastante regularidade (20 presenças na competição principal).

Em 1980/81 jogou muito menos, mas, curiosamente, foi nessa época que marcou o seu único golo oficial pelo Sporting, a 5 de Abril de 1981, num triunfo na Póvoa de Varzim por 3-1. 1981/82 foi uma grande temporada para o Sporting (com triunfos no Campeonato e Taça de Portugal). Marinho voltou a ser protagonista (Allison apreciava muito a sua polivalência e competitividade), porque embora não fosse titular indiscutível, alinhou em 19 jogos.

1982/83 foi o seu último ano como futebolista do Sporting. Numa temporada em que António Oliveira (como jogador-treinador) fez quase toda a época como técnico da equipa (Marinho Mateus comandou apenas 5 jogos e Venglos 4), Marinho tomou parte apenas em 14 jogos oficiais. A 16 de Abril de 1983 jogou pela última vez num Sporting-Vitória de Setúbal (1-0) a contar para o Campeonato.

Em 5 temporadas fez um total de 103 jogos oficiais pelo Sporting tendo marcado 1 golo. Ganhou 2 Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal e uma Supertaça. Deixou a marca dum médio raçudo, com um “pulmão” assinalável e boa técnica.

Depois jogou ainda 2 anos no Marítimo, terminando a carreira de futebolista relativamente cedo, com apenas 31 anos.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário