1967 – Bi-Campeões Nacionais de Andebol

10 de Julho de 1967. Ao vencerem o Benfica por 15-12, os leões sagraram-se bi-campeões nacionais de Andebol a duas jornadas do fim. Mesmo sem fazerem uma exibição extraordinária, os sportinguistas provaram a sua regularidade cotando-se como o melhor coletivo do torneio. A equipa: Bessone; Mesquita (1), Gonçalves (1), Branco (1), Castanheira (1), Vítor Dias (1), Luís António (2), Pedro Feist (4), António Marques (3) e Jorge Feist (1).

O jogo disputou-se no Estádio Alvalade (num rinque ao ar livre situado nas traseiras do antigo peão) perante tanta gente que as portas tiveram de fechar antes do início da partida para não se correr o risco de sobre-lotação. A partida era decisiva para os 2 clubes pois com 4 pontos de desvantagem para os leões os benfiquistas eram obrigados a vencer, e em vantagem chegaram ao intervalo, por 6-5. Na 2ª parte tudo mudou, e com uma atuação muito consistente, focando o seu jogo num letal contra-ataque, o Sporting venceu bem.

Duas semanas depois a competição (que englobava ainda FC Porto, V. Setúbal, CDUP e Sporting de Espinho) terminou, tendo o Sporting conseguido a magnífica proeza de alcançar 10 vitórias em 10 jogos. Curiosamente, em termos de orientação técnica, a equipa não teve qualquer estabilidade, tendo sido treinada sucessivamente por Chagas, Pereira de Sousa, Américo Teixeira e Pedro Feist.

Este foi o 5º título nacional alcançado pelo Sporting na modalidade.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário