1958 – Atletismo chega à dezena de títulos nacionais

19 de Julho de 1958. Nesse dia o Atletismo do Sporting continuou nos trilhos do sucesso. Nos Campeonatos Nacionais, disputados em Alvalade, e apesar da falta de diversos atletas de nomeada, os leões superaram o Benfica por 39 pontos, numa prova onde não se estabeleceram marcas recorde. Manuel Faria com triunfos nos 5.000 e 10.000 metros e Manuel Mendes com vitórias no dardo e no disco foram as duas principais figuras da equipa, que alcançou 10 títulos individuais, a saber:

110m barreiras – Pedro de Almeida – 15,6s

800m – Marques da Silva – 2m00,2s

1.500m – Dias Santos – 3m58,9s

3.000m obstáculos – Joaquim Ferreira – 9m28,4s

5.000m – Manuel Faria – 14m43,4s

10.000m – Manuel Faria – 31m53,2s

Dardo – Manuel Mendes – 55m77cm

Disco – Manuel Mendes – 41m38cm

Peso – Manuel da Silva – 12m55cm

Triplo-salto – Eugénio Lopes – 14m35cm

Esta mesma equipa havia, uma semana antes, conquistado o título regional, aí com um recorde nacional batido nos 4X1.500m por Dias Santos, Manuel Marques, Rogério Gonçalves e Marques da Silva, que conseguiram o tempo de 16m32,2s. Um quarteto constituído por Manuel Marques, Manuel da Silva, Manuel Faria e Dias Santos, voltou a bater o recorde da mesma distância, cerca de 3 meses depois, com 16m19,7s.

Ainda neste ano, de realçar o recorde nacional de Joaquim Ferreira nos 3.000 metros obstáculos, com 9m16,8s e um outro, aqui no setor feminino, dos 4X100m, com Fernanda Costa, Ruth Lara, Preciosa Costa e Ludovina Costa (nos Regionais), com o tempo de 56,5s.

Na foto, Xara Brasil e Manuel da Silva, valorosos elementos da equipa leonina.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário