Triunfo frente ao Benfica e conquista (pela 3ª vez) do Torneio do Guadiana

27 de Julho de 2008. Nesse dia o futebol do Sporting conquistou pela 3ª vez o Torneio Internacional do Guadiana, realizado no Estádio Municipal de Vila Real de Santo António, ao derrotar o Benfica por 2-0. Na véspera os leões tinham ganho por 2-1 ao Blackburn Rovers (golos de Pedro Silva e Tonel – na estreia de Helder Postiga), e 2 dias antes os ingleses tinham derrotado os benfiquistas por 3-2.

Ao Sporting bastava o empate para conquistar o Torneio mas os pupilos de Paulo Bento entraram para ganhar desde o 1º minuto de jogo. Ainda assim a 1ª parte foi relativamente equilibrada, com Derlei (pelos leões) e Carlos Martins (pelas águias) a criarem os lances de maior perigo.

No 2º tempo houve mais velocidade e os sportinguistas “tomaram conta” da bola. Yannick Djaló abriu as hostilidades aos 57 minutos (a passe de Derlei) e o “Ninja” fechou-as, aos 71 (com assistência de Yannick). Postiga esteve muito perto de aumentar a contagem mas atirou por cima, perante uma equipa encarnada impotente.

No final o Sporting levantou a taça e Rochemback (recém-regressado ao Sporting) foi eleito o jogador mais valioso do torneio.

A equipa leonina: Tiago, Abel, Tonel, Anderson Polga e Grimi (Ronny 45); Caneira (Adrien 79) e Rochemback; Izmailov, Romagnoli (Pereirinha 85) e Yannick Djaló; Derlei (Hélder Postiga, 74).

Numa equipa em que Caneira, Rochemback e Helder Postiga constituiam as principais novidades, os leões prometiam uma boa temporada mas acabaram por não conseguir melhor que o triunfo na Supertaça (frente ao Porto) e o 2º lugar no Campeonato (atrás dos portistas).

vídeo

Post to Twitter

Comments (1)

 

  1. Nessa altura sim, o Torneio do Guadiana era um dos grandes, se não mesmo O grande torneio de pré-época; com o tempo parece-me que tem vindo a cair na notoriedade, e este ano nem teve nenhum jogo daqueles que fazem parar um país já com fome de bola depois do fim do campeonato…
    Fez lá falta o Sporting :D

Deixe o seu comentário