Excelente presença nos Nacionais de Atletismo

28 de Julho de 1923. Nesse dia, no Stadium de Lisboa, disputaram-se os 2ºs Campeonatos Nacionais de Atletismo. O número de espectadores foi impressionante, e o seu tempo foi dado por bem empregue pois houve oportunidade de presenciar algumas provas magníficas.

Segundo o jornal “Sport Lisboa”: “Ao contrário da época passada, em que o Sporting vencera o Regional Lisboeta e o CIF o Nacional, os leões foram desta vez campeões nacionais (depois do CIF ter vencido o Regional). A equipa do Sporting parece ser mais homogénea, enquanto o adversário tem mais estrelas”.

As vitórias individuais (campeões nacionais) dos leões:

400m barreiras – Salazar Carreira – 1m05,4s (Recorde Nacional)

4X400m – Albano Martins, Alberto Alves de Freitas, Abílio Nascimento e Salazar Carreira

10.000m – Cecílio Costa – 35m54,2s

Comprimento com Corrida – Ápio de Almeida – 6m53cm (Recorde Nacional)

Disco – Luiz Ferreira Pinto – 28m37cm

Martelo – Alberto Figueiredo – 23m50cm

Luta de Tracção – Sporting Clube de Portugal

O Sporting venceu por equipas com 58 pontos, mais 4 que o CIF e mais 42 que os Vendedores de Jornais. Esta classificação coletiva era oficiosa, pelo que não está incluída no palmarés leonino como título nacional na modalidade.

No final das provas, foi oferecido, na sua Sede, pelo Sporting Clube de Portugal, aos concorrentes e juri, um cálice de vinho do Porto, brindando Salazar Carreira a todos os clubes concorrentes!

No final da época o Sporting era detentor dos recordes nacionais de 800m, 1.500m, 5.000m, 400m barreiras, 4X400m, Comprimento, Disco e Martelo.

Na imagem, a equipa leonina da Luta de Tracção, campeã nacional.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário