1961 – 4ª vitória coletiva na Volta a Portugal em bicicleta

13 de Agosto de 1961. Nesse dia terminou a mais importante prova do calendário velocipédico nacional e o Sporting voltou às vitórias coletivas 20 anos depois, e com alguma surpresa.

O triunfo individual foi para o portista Mário Silva, mas a equipa constituída por João Roque (5º), Pedro Carvalho (6º), Pedro Junior (8º), Arlindo Carvalho (16º), Manuel Graça (17º), Agostinho Brás (48º), Fernando Bandarra (49º), Joaquim Rato (62º), Hélio Rato (65º) e António Pedro Jorge (desistiu na etapa Malveira-Sintra devido a uma indisposição) alcançou um brilhante 1º lugar. Os sportinguistas arrebataram duas etapas, por Arlindo Carvalho e Pedro Junior.

Dias depois a direção do Sporting homenageou os seus ciclistas e o seu treinador (o grande campeão Américo Raposo) por esta bela vitória. Tratava-se duma equipa jovem mas de grande futuro, que constituiram a sensação da competição e que deram ao ciclismo leonino uma das suas maiores vitórias dos últimos anos.

O 4º triunfo coletivo dos leões na Volta a Portugal foi o prenúncio para grandes vitórias que surgiriam alguns anos mais tarde.

Post to Twitter

Comments (6)

 

  1. Américo Raposo Jr says:

    Caros amigos.

    Importante lembrar também quem levou, como Treinador, a equipa a tal brilharete, passados 20 anos : o Grande Campeão Américo Raposo

  2. José Jorge says:

    O Joaquim Brás também ganhou uma etapa. segundo diz o meu Pai

  3. José Jorge says:

    Se quiserem deixar o mail, posso-vos enviar melhores fotos…

  4. José Jorge says:

    Muito Obrigado ! Vou contar ao Meu Pai

  5. sporting canal says:

    Muito obrigado. Talvez pelo facto de ter desistido, o seu pai não está referido nos jornais da época que consultámos.

  6. Jose Jorge says:

    Caros Amigos Leões.

    Nessa equipa falta mencionar o nome do 10º elemento que era o meu Pai, um jovem com 21 anos na altura de nome António Pedro Jorge e que deixou o ciclismo muito cedo por razões pessoais. Creio que era o 3º a contar da esquerda.
    Na Volta a Portugal desse ano com partida do Porto, na etapa de Figueira da Foz-Malveira chegou com um reduzido pelotão e estava a 30s do primeiro lugar da Geral, na etapa seguinte de Malveira-Sintra desistiu com uma indisposição. No entanto agradecia que o seu nome fosse inscrito neste artigo.

    Cumprimentos leoninos

    José Luís Jacinto Jorge

Deixe o seu comentário