1987 – 2ª Supertaça no Futebol com 2 triunfos frente ao Benfica

20 de Dezembro de 1987. 15 dias depois de ter ganho por 3-0 no Estádio da Luz (na 1ª mão da Supertaça) com uma magnífica exibição de Vital e um contra-ataque mortífero, o Sporting recebeu em Alvalade um Benfica que pretendia “limpar a face”.

Os leões, orientados por Keith Burkinshaw, alinharam com: Vital; João Luís, Duílio, Morato e Mário Jorge; Virgílio; Carlos Xavier (Marlon), Oceano e Silvinho; Tony Sealy (Mário) e Paulinho Cascavel.

Oceano reapareceu na equipa leonina, que mais uma vez apresentou uma defesa muito segura e Silvinho a criar grandes problemas à defensiva benfiquista. Foi do brasileiro, aliás, o único golo da partida, que surgiu aos 20 minutos após um passe magnífico de Carlos Xavier para Paulinho Cascavel que, descaído sobre a esquerda, tocou para Silvinho no meio, e este, entrando rapidamente na área marcou de pé direito.

1-0 acabou por ser o resultado final refletindo aquilo que se passou no terreno de jogo. Com uma vantagem clara adquirida no jogo da 1ª mão, o Sporting fez um jogo sólido conseguindo juntar o útil (vitória no troféu) ao agradável (triunfo no jogo).

Para o Sporting era uma conquista nacional 5 anos depois… Silvinho foi a grande figura da vitória neste jogo. Estava muito feliz: “Estamos contentes. Valeu a pena o esforço. Na Luz jogámos melhor mas hoje, felizmente, voltámos a vencer. O meu golo foi especial pois fi-lo com o pé que só serve para subir no onibus (o direito)! Acreditem em nós pois estamos a trabalhar muito para ainda virmos a fazer uma boa temporada”.

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário