1985 – Sporting e Marco Chagas dominaram a Volta a Portugal em bicicleta

18 de Agosto de 1985. Nesse dia terminou a Volta a Portugal em bicicleta. O Sporting dominou claramente a competição. Marco Chagas manteve-se sempre perto dos primeiros esperando pelo contra-relógio decisivo, a sua especialidade. Nele “voou” a 44,302km/h de média, dando 2m04s de avanço a Venceslau Fernandes, que acabou por se quedar pelo 3º lugar final devido à excelente prova também de Eduardo Correia, que foi 3º a 25 segundos de Chagas.

Coletivamente o Sporting venceu com 11m33s de avanço do Lousa/Trinaranjus/Akai. Marco Chagas, com uma média final de 36,203km/h para os 1.875km da prova, ainda venceu o Combinado e Carlos Santos a classificação por pontos.

Depois das fortes emoções da tarde Marco Chagas seguiu para o local onde a equipa do Sporting/Raposeira estava instalada. Referiu então que: “Vencer a Volta a Portugal pela 3ª vez era a minha meta, pois assim fiquei na História ao lado de Joaquim Agostinho e Alves Barbosa – embora eu saiba que o meu valor não se pode comparar ao deles. Penso em correr apenas mais 2 anos pois esta vida é de muito sacrifício”.

Esta foi uma temporada de muitos sucessos para o Ciclismo leonino. Em Maio, Eduardo Correia e o coletivo verde e branco ganharam o Grande Prémio do Vouga (“Comércio do Porto”). No mês seguinte Marco Chagas sagrou-se Campeão Nacional. Ainda em Junho, Paulo Ferreira foi o melhor no prestigiado Grande Prémio JN e em Julho Eduardo Correia triunfou no 2º Grande Prémio de Ciclismo de Setúbal.

O culminar perfeito para uma época de grande nível foi mesmo o grande domínio patenteado na Volta a Portugal, a “prova rainha” do Ciclismo nacional.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário