Randolph Galloway – O 1º treinador tri-campeão de Futebol em Portugal

Nasceu a 22 de Dezembro de 1899 em Sunderland, e após uma carreira mediana de futebolista (avançado) e já experiente como treinador (com passagens por vários clubes do seu país, Espanha, Costa Rica, Uruguai e Suiça) foi chamado pelo presidente António Ribeiro Ferreira para fazer do Sporting, com os adjuntos Fernando Vaz e Álvaro Cardoso, uma equipa novamente campeã após o falhanço de 1949/50.

O início não podia ter sido melhor, com uma vitória por 3-1 frente ao Benfica no Estádio Nacional, na qual promoveu a estreia de Caldeira e Joaquim Pacheco. Ao longo da sua permanência em Alvalade lançou ainda outras futuras estrelas como Carlos Gomes ou Fernando Mendonça.

Com Galloway o Sporting praticava um futebol muito ofensivo e embora já não houvesse Peyroteo os leões marcavam muitos golos. No final dessa 1ª temporada os verde e brancos conseguiram o seu 6º título nacional e a equipa técnica manteve-se com exceção de Fernando Vaz, que optou por rumar a outras paragens como técnico principal.

Por iniciativa do técnico britânico Martins fixou-se finalmente a avançado-centro (e com excelentes resultados) a partir de 1951/52 e os leões continuaram a marcar muitos golos ganhando o Campeonato novamente, mas agora apenas por 1 ponto.

Em 1953 o treinador leonino tornou-se o 1º a conquistar um tri-campeonato em Portugal (e único no Sporting até agora), completando a sua estada em Alvalade de onde saiu pela “porta grande” no final da época, e por iniciativa própria, após mais um título nacional ganho com algum à vontade.

A propensão ofensiva do Sporting sob o seu comando fez dele o 3º treinador da História do clube com mais golos marcados (309).

Na época seguinte os verde e brancos conquistariam o 1º tetra-campeonato da História do Futebol português, já sem Galloway, mas evidentemente com a sua marca bem vincada.

Foi assim uma história de sucesso a ligação de Randolph Galloway ao Sporting, ficando apenas um pequeno gosto amargo pelos falhanços na Taça Latina e na Taça de Portugal.

Morreu a 10 de Abril de 1964.

RANDOLPH GALLOWAY como treinador do SPORTING
ÉPOCA J V E D GM GS % TÍTULOS
50/51 31 21 5 5 98 40 75,8% CN
51/52 36 25 3 8 120 55 73,6% CN
52/53 32 22 6 4 91 33 78,1% CN
Total 99 68 14 17 309 128 75,8% 3CN

Post to Twitter

Deixe o seu comentário